Nota em defesa da Reforma Psiquiátrica e de uma política de Saúde Mental digna e contemporânea

O coordenador do Ministério da Saúde para Saúde Mental Álcool e outras drogas, Quirino Cordeiro merece enfático repúdio pelas suas proposições levadas ao Conass e Conasems quando defendeu a expansão dos hospitais psiquiátricos num contexto de congelamento de investimentos por vinte anos no SUS

Pelo cuidado em liberdade e contra políticas higienistas

O município de São Paulo é permanentemente marcado pela violência institucional dos detentores de poder político e econômico contra o povo. Enquanto mantemos a expectativa de que autoridades governamentais acolham e assistam a todas e a todos, respeitando a diversidade, a complexidade e o conjunto de necessidades que apresentem, bem como as múltiplas formas de […]