Contas apresentadas pelos planos de saúde não levam em conta a economia que a incorporação de novas tecnologias trazem

‘As novas tecnologias trazem economia, com a cura mais rápida, menor uso de terapia intensiva, redução de complicações. O cálculo tem que trazer esses ganhos. Além disso, é preciso levar em consideração que toda tecnologia tem uma curva de custo: começa alta, mas com a disseminação vai caindo — diz Ligia Bahia, membro da Comissão de Política, Planejamento e Gestão em Saúde da Abrasco

Razão crítica e esperança marcam encerramento do III Congresso Brasileiro de Política, Planejamento e Gestão em Saúde

Cipriano Maia, presidente do congresso, abriu a sessão de encerramento com os números finais. Foram 1988 inscritos e 201 convidados, totalizando 2.200 pessoas, incluindo profissionais de imprensa e de apoio, configurando o maior edição já realizada pela Comissão de Política, Planejamento e Gestão (CPPG/Abrasco). “A riqueza dos debates que tivemos ficaram evidentes em toda a […]