Ciência & Saúde Coletiva – Setembro de 2019

Arte: IMS/Uerj

O número temático 24.9 coloca foco na indiscutível associação entre clínica, epidemiologia e ciências sociais. Os textos, em geral, são trabalhados do ponto de vista epidemiológico, porém, atravessados por conceitos ou temas socioculturais como trabalho, desemprego, iniquidade, vulnerabilidade, desnutrição, obesidade, cultura, cor, raça, depressão, entre outros. Por sua vez, esses são atravessados por categorias típicas da epidemiologia e da estatística como inquérito, evidência,  fatores associados, risco, incidência, prevalência, variáveis sociodemográficas, clínicas, e outras. A ideia aqui é tomar distância das questões práticas que os autores trabalham e pensar nas condições de pesquisa que permitem a aproximação entre dados quantificados – frequentemente tomados como verdades absolutas – e valorizar o ser humano do qual eles falam.

É a isso que se refere o título da edição temática, lembrando a expressão de Bolstanski1, segundo a qual, a ordem biológica precisa da mediação do cultural que a transforma em regras, proibições, repulsas, gostos ou aversões.  Dentre os textos reflexivos sobre o assunto cito, por sua importância, o de Nunes2 “Fronteiras do Conhecimento e Saúde Coletiva” no qual o autor disserta sobre a desejável integração das disciplinas de modo a facilitar a identificação de semelhanças e diferenças teoricamente iluminadoras dos níveis sociopsicológicos, culturais e estruturais em relação a contextos e tipos de grupos. O foco nas fronteiras disciplinares quando olhadas como possibilidades, permite cruzá-las, mudá-las, territorializá-las, politizá-las, negá-las e até institucionalizá-las.

Este tom de encontro e atravessamento se encontra em vários autores deste número, ao tratarem assuntos tão sensíveis como iniquidades sociais que se expressam no consumo alimentar; internações na primeira infância por condições sensíveis à atenção primária; implicações para assistência dos usuários da proposta de descriminalização de drogas; associação entre anemia e problemas de autonomia e funcionalidade em idosos; sintomas depressivos em idosos residentes em instituições de longa permanência, dentre tantos outros.

Não se pode desconhecer que doença sempre “dá em gente” e, portanto o humano não pode ficar subsumido aos números, sob pena de se fazer uma ciência sem carne e sem alma – só no osso – como ensinava Malinowiski3 nos primórdios de institucionalização da antropologia moderna.

Ancorada nas teorias mais modernas do campo científico, a Revista Ciência & Saúde Coletiva tem aberto espaços temáticos que permitem a integração de disciplinas e o cruzamento de fronteiras, por entender que essa postura não limita os impactos da saúde pública. Ao contrário, permite o compartilhamento de evidências. Sua posição no campo atua na convivência das diferenças e no hibridismo dos conceitos, entrando, por conseguinte, na seara epistemológica.

Referências

1. Boltanski I. As classes sociais e o corpo. Rio de Janeiro: Editora Graal; 1979.

2. Nunes ED. Fronteiras do Conhecimento e Saúde ColetivaCiên Saude Colet. 2019; 24( 9):3179-3182.

3.Malinowiski B. Os argonautas do Pacífico.São Paulo: Editora Abril; 1980. (Coleção os Pensadores)

Acesse Ciência & Saúde Coletiva, edição 24.9 – setembro de 2019 no site da C&SC e na base SciELO

Editorial

Vitória da Revista Ciência & Saúde Coletiva da Abrasco – Maria Cecília de Souza Minayo; Romeu Gomes e Antonio Augusto Moura da Silva – Editores-chefes

Artigos em destaque

1. Fronteiras do Conhecimento e Saúde Coletiva – Everardo Duarte Nunes

2. Saída precoce do mercado de trabalho: aposentadoria ou discriminação? – Ana Amélia Camarano, Daniele Fernandes Carvalho, Solange Kanso

Artigos temáticos

3. Iniquidades sociais no consumo alimentar no Brasil: uma revisão crítica dos inquéritos nacionais – Raquel Canuto, Marcos Fanton, Pedro Israel Cabral de Lira

4. Internações por Condições Sensíveis à Atenção Primária de Menores de um ano, de 2008 a 2014, no estado de São Paulo, Brasil – Ianna Karolina Véras Lôbo, Tulio Konstantyner, Kelsy Catherina Nema Areco, Rodrigo Pinheiro de Toledo Vianna, José Augusto de Aguiar Carrazedo Taddei

5. Vulnerabilidade e fatores associados em idosos atendidos pela Estratégia Saúde da Família – Juliana Fernandes Cabral, Ageo Mário Cândido da Silva, Inês Echenique Mattos, Ádila de Queiroz Neves, Laércio Lima Luz, Daniele Bittencourt Ferreira, Lívia Maria Santiago, Cleber Nascimento do Carmo

6. Consumo de açúcares de adição por adolescentes em estudo de base populacional – Marici Braz, Daniela de Assumpção, Marilisa Berti de Azevedo Barros, Antonio de Azevedo Barros Filho

7. Fatores associados à tuberculose em população de diabéticos: um estudo caso-controle – Marcelle Lemos Leal, Ethel Leonor Nóia Maciel, Nágela Valadão Cade

8. A associação entre anemia e alguns aspectos da funcionalidade em idosos – Vanessa Leite Braz, Yeda Aparecida de Oliveira Duarte, Ligiana Pires Corona

9. Associação de variáveis sociodemográficas e clínicas com os tempos para início do tratamento do câncer de próstata – Raone Silva Sacramento, Luana de Jesus Simião, Kátia Cirlene Gomes Viana, Maria Angélica Carvalho Andrade, Maria Helena Costa Amorim, Eliana Zandonade

10. Sintomas depressivos e fatores associados em idosos residentes em instituição de longa permanência – Lara de Andrade Guimarães, Thaís Alves Brito, Karla Rocha Pithon, Cleber Souza de Jesus, Caroline Sampaio Souto, Samara Jesus Nascimento Souza, Thassyane Silva dos Santos

11. Obesidade abdominal e padrões alimentares em mulheres trabalhadoras de turnos – Carine Fröhlich, Anderson Garcez, Raquel Canuto, Vera Maria Vieira Paniz, Marcos Pascoal Pattussi, Maria Teresa Anselmo Olinto

12. Prevalência autorreferida de hipertensão e fatores associados em comunidades quilombolas do Rio Grande do Sul, Brasil – Sílvia Pauli, Fernanda Souza de Bairros, Luciana Neves Nunes, Marilda Borges Neutzling

13. Prevalência de morbidades autorreferidas e fatores associados entre idosos comunitários de Uberaba, Minas Gerais, Brasil – Darlene Mara dos Santos Tavares, Paula Berteli Pelizaro, Maycon Sousa Pegorari, Mariana Mapelli de Paiva, Gianna Fiori Marchiori

14. Mortalidade infantil e classificação de sua evitabilidade por cor ou raça em Mato Grosso do Sul – Renata Palópoli Pícoli, Luiza Helena de Oliveira Cazola, Débora Dupas Gonçalves Nascimento

15. Comparação dos critérios da nrs-2002 com o risco nutricional em pacientes hospitalizados – Adriana Aparecida de Oliveira Barbosa, Andréa Pereira Vicentini, Fernanda Ramos Langa

16. Change in overweight and obesity over a decade according to sociodemographic factors in Brazilian adolescents – Priscila Cristina dos Santos, Kelly Samara da Silva, Jaqueline Aragoni da Silva, Carla Elane Silva dos Santos, Giovani Firpo Del Duca, Adair da Silva Lopes, Markus Vinícius Nahas

17. Associação entre o uso de prótese dentária total e o tipo de serviço odontológico utilizado entre idosos edêntulos totais – Jairo Evangelista Nascimento, Tatiana Almeida de Magalhães, João Gabriel Silva Souza, Marinilza Soares Mota Sales, Charlitom Oliva Nascimento, Cláudio Wagnus Xavier Lopes Júnior, Efigênia Ferreira e Ferreira, Andréa Maria Eleutério de Barros Lima Martins

18. Atenção psicossocial e o cuidado em saúde à população em situação de rua: uma revisão integrativa – Lívia Bustamante van Wijk, Elisabete Ferreira Mângia

19. Alimentação: um direito humano em disputa – focos temáticos para compreensão e atuação em segurança alimentar e nutricional – Lúcia Dias da Silva Guerra, Ana Maria Cervato-Mancuso, Aída Couto Dinucci Bezerra

Artigos de revisão

20. Revisão da literatura sobre implicações para assistência de usuários de drogas da descriminalização em Portugal e Brasil – Rafael de Oliveira Mendes, Paula Gibin Pacheco, João Pedro Campos Ouro Vian Nunes, Pedro Salles Crespo, Marcelo Santos Cruz

21. Uso do telefone para adesão de pessoas vivendo com HIV/AIDS à terapia antirretroviral: revisão sistemática – Vanessa da Frota Santos, Ana Karoline Bastos Costa, Ivana Cristina Vieira de Lima, Herta de Oliveira Alexandre, Elucir Gir, Marli Teresinha Gimeniz Galvão

22. Palhaçoterapia em ambiente hospitalar: uma revisão de literatura – Soraia de Camargo Catapan, Walter Ferreira de Oliveira, Tatiana Marcela Rotta

23. Fatores limitadores e facilitadores para o controle do câncer de colo de útero: uma revisão de literatura – Viviane Aparecida Siqueira Lopes, José Mendes Ribeiro

24. Programas de intervenção para atividade física nas escolas brasileiras: revisão com base no modelo RE-AIM – Jaqueline Aragoni da Silva, Eliane Cristina de Andrade Gonçalves, Diego Augusto Santos Silva, Kelly Samara Silva

Artigos de opinião

25. Criação da Secretaria de Atenção Primária à Saúde e suas implicações para o SUS – João Gabbardo dos Reis, Erno Harzheim, Maria Cristina Abrão Nachif, Juliana Carla de Freitas, Otávio D’Ávila, Lisiane Hauser, Caroline Martins, Lucas Alexandre Pedebos, Luiz Felipe Pinto

26. Dois exemplos de construções narrativas na sociologia da saúde – Everardo Duarte Nunes

Artigos de temas livres

27. Avaliação Psicométrica da versão brasileira do Questionário sobre Conhecimento de Doenças Sexualmente Transmissíveis – Lisiane Ortiz Teixeira, Vera Lucia Marques de Figueiredo, Carla Vitola Gonçalves, Raúl Andrés Mendoza-Sassi

28. O agente comunitário de saúde como interlocutor da alimentação complementar em Pelotas, RS, Brasil – Francine Silva dos Santos, Gicele Costa Mintem, Denise Petrucci Gigante

29. Gênero e consumo de álcool entre jovens: avaliação e validação do Inventário de Conformidade com Normas Masculinas – Thaís Santos Silva, Juliana Maria Magalhães Christino, Luiz Rodrigo Cunha Moura, Valter Henrique Ferreira de Morais

30. Incidência e fatores preditivos de quedas em idosos na comunidade: um estudo longitudinal – Amanda Queiroz de Souza, Maycon Sousa Pegorari, Janaína Santos Nascimento, Paula Beatriz de Oliveira, Darlene Mara dos Santos Tavares

31. Efeito da redistribuição das causas mal definidas de óbito sobre a taxa de mortalidade por câncer de mama no Brasil – Maria Silvia de Azevedo Couto, Vinícius de Azevedo Couto Firme, Maximiliano Ribeiro Guerra, Maria Teresa Bustamante-Teixeira

32. CAST instrument in epidemiological surveys: Results presentation in comparison to the WHO criteria – Isadora Passos Maciel, Ana Paula Dias Ribeiro, Gilberto Alfredo Pucca Júnior, Aline Bié, Soraya Coelho Leal

33. Validação do questionário Conocimiento del Paciente sobre SUS Medicamentos (CPM-ES-ES) – Thiago Vinicius Nadaleto Didone, Pilar García-Delgado, Daniela Oliveira de Melo, Nicolina Silvana Romano-Lieber, Fernando Martínez Martínez, Eliane Ribeiro

34. Validade da estrutura fatorial da escala de versão brasileira do Food Choice Questionnaire – Sara Franco Diniz Heitor, Michael Eduardo Reichenheim, Julia Elba de Souza Ferreira, Sybelle de Souza Castro

35. Relação do comportamento do perfil do estilo de vida de escolares com o de seus pais – Tatiane Minuzzi, Kelly Christine Maccarini Pandolfo, Cati Reckelberg Azambuja, Daniela Lopes dos Santos

36. A Razão Empreendedora na pesquisa em saúde – Reinaldo Guimarães

37. Os desafios éticos da Razão Empreendedora – Reinaldo Guimarães

Resenhas

Cordeiro R. Trabalho, violência e morte: miséria da existência humana – Resenhado por Élida Azevedo Hennington

Cartas

Saúde mental e as práticas multidisciplinares: avanços, desafios, e novas perspectivas – Diego Zapelini Nascimento, Gabriela Moreno Marques

 

Comments

comments

Deixe uma resposta