Ciência & Saúde Coletiva – Setembro de 2018

São os jovens protagonistas de sua história ou vítimas de políticas desastradas? Na edição 23.9 da Revista Ciência & Saúde Coletiva, esta pergunta é provocadora e ao mesmo tempo, ambígua. Nas sociedades atuais como nas épocas históricas anteriores, adolescentes e jovens são protagonistas de processos sociais, culturais, políticos e econômicos em todo mundo. Ao mesmo tempo, são caudatários das heranças que recebem e precisam de apoio para transformar o que é velho e ultrapassado. A vida nunca lhes foi fácil porque sua marca é a rebeldia e a tentativa de inovar. No entanto, no momento presente, as dificuldades são ainda maiores tanto no plano educacional como no de inserção social. Geralmente acabam sendo alvo de incompreensões e discriminações que, sinérgicas e contraditórias, repercutem direta e indiretamente em suas con­dições de vida e saúde. Refletir sobre tais repercussões é o objetivo desta edição temática que traz a contribuição de estudiosos de cinco países: Brasil, Portugal, Argentina, Uruguai e Escócia.

O conjunto de textos aqui selecionados proporciona uma reflexão com base empírica. Do ponto de vista internacional são estudados o suicídio; o envolvimento com crime; o sistema socioeducativo; o sistema prisional; a violência na escola; a saúde sexual e reprodutiva; a carga de doenças; as políticas dedicadas a protegê-los e sua inserção nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Já os textos de autores brasileiros abordam a violência no trânsito; a saúde na escola; a saúde bucal; a anorexia; o aborto clandestino e as iniciativas e programas voltados para eles, entre outros. Todos articulam fontes primárias e secundárias.

Esta edição oferece assim, subsídios para políticas públicas em âmbito nacional e interna­cional; reafirma a necessidade das propostas garantidoras de direitos e de distribuição de justiça social. No caso brasileiro, os autores ressaltam o quão cruel é o plano de ajuste fiscal atualmente vigente, cuja consequência é a ampliação da desigualdade e a diminuição de oportunidades, especialmente para jovens pobres. O que significa uma restrição de seus horizontes possíveis para o futuro.

O investimento público em adolescentes e jovens é o consenso maior deste número temático, considerado como a única forma democrática de oferecer-lhes possibilidades de futuro que, em última instância, é o futuro de cada sociedade.

Acesse Ciência & Saúde Coletiva vol.23 nº.9 , de setembro de 2018, no site da Revista e na base SciELO

Editorial

Protagonismo de adolescentes e jovens e subsídios para políticas públicas que os contemplem – Marcelo Rasga Moreira; José Mendes Ribeiro; José Inácio Jardim Motta; Zulmira Hartz

Artigos temáticos

1. Mortalidade por acidentes de transporte de trânsito em adolescentes e jovens, Brasil, 1996-2015: cumpriremos o ODS 3.6? Marcelo Rasga Moreira; José Mendes Ribeiro; Caio Tavares Motta; José Inácio Jardim Motta

2. La Agenda 2030 como herramienta de desarrollo para los jóvenes en Argentina – Gabriela Agosto; Mariano Fontela; Laila Brandy; Martín Langsam

3. A produção da vítima empreendedora de seu resgate social: juventudes, controles e envolvimentos – Fátima Cecchetto; Jacqueline de Oliveira Muniz; Rodrigo de Araújo Monteiro

4. Carga de enfermedad de los adolescentes en Uruguay y su comparación con la de América Latina y el Caribe – Alicia Aleman; Valentina Colistro; Mercedes Colomar; Fiorella Cavalleri; Miguel Alegretti; Marisa Buglioli

5. Uma abordagem sobre o suicídio de adolescentes e jovens no Brasil – José Mendes Ribeiro; Marcelo Rasga Moreira

6. Jóvenes, enfermedades de transmisión sexual y derechos. Panorama nacional y regional en Argentina – Martín Hernán Di Marco; Sabrina Ferraris; Martín Langsam

7. Políticas de Saúde de adolescentes e jovens no contexto luso-brasileiro: especificidades e aproximações – Rafaela Schaefer; Rosangela Barbiani; Carlise Rigon Dalla Nora; Karin Viegas; Sandra Maria Cezar Leal; Priscila Schmidt Lora; Rosane Ciconet; Vania Dezoti Micheletti

8. Política Nacional de Atenção Integral a Saúde de Adolescentes Privados de Liberdade: uma análise de sua implementação – Henrique Bezerra Perminio; Juliana Rezende Melo Silva; Ana Luísa Lemos Serra; Bruna Gisele Oliveira; Caroline Maria Arantes de Morais; João Paulo Almeida Brito da Silva; Thereza de Lamare do Franco Neto

9. Rehabilitation doxa and practitioner judgment. An analysis of symbolic violence on health care provision in the Scottish prison system – Fernando Lannes Fernandes; Ann Swinney; Scott McMillan; Dean MacLeay; John McGhee; William Graham; Gary Roberts

10. Desafios para as políticas públicas voltadas à adolescência e juventude a partir da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE) – Ademar Arthur Chioro dos Reis; Deborah Carvalho Malta; Lumena Almeida Castro Furtado

11. Percepção de escolares do ensino fundamental sobre o Programa Saúde na Escola: um estudo de caso em Belo Horizonte, Brasil – Fernanda Piana Santos Lima de Oliveira; Andrea Maria Duarte Vargas; Zulmira Hartz; Sônia Dias; Efigênia Ferreira e Ferreira

12. A prevenção à violência em programas interdisciplinares que atuam em escolas brasileiras e portuguesas – Flaviany Ribeiro da Silva; Simone Gonçalves Assis

13. Autopercepção negativa de saúde associada à violência escolar em adolescentes – Bruno Rafael Vieira Souza Silva; Alison Oliveira da Silva; Muana Hiandra Pereira dos Passos; Fernanda Cunha Soares; Paula Andréa de Melo Valença; Valdenice Aparecida de Menezes; Viviane Colares; Carolina da Franca Bandeira Ferreira Santos

14. Desafios da atenção à anorexia nervosa na adolescência: etnografia em serviço público de saúde no Rio de Janeiro, Brasil – Priscila da Silva Castro; Elaine Reis Brandão

15. Potência de ação da juventude em uma comunidade periférica: enfrentamentos e desafios – Danilo de Miranda Anhas; Carlos Roberto Castro-Silva

16. Experimentação e aprendizagem na trajetória afetiva e sexual de jovens de uma favela do Rio de Janeiro, Brasil, com experiência de aborto clandestino – Wendell Ferrari; Simone Peres; Marcos Nascimento

17. DECIDIX: encontro da pedagogia Paulo Freire com os serious games no campo da educação em saúde com adolescentes – Rosana Juliet Silva Monteiro; Marcela Paula Conceição de Andrade Oliveira; Rosalie Barreto Belian; Luciane Soares de Lima; Maria Eliete Santiago; Daniela Tavares Gontijo

18. Saúde bucal de adolescentes rurais quilombolas e não quilombolas: um estudo dos hábitos de higiene e fatores associados – Etna Kaliane Pereira da Silva; Patrícia Reis dos Santos; Tatiana Praxedes Rodrigues Chequer; Camila Moreira de Almeida Melo; Katiuscy Carneiro Santana; Maise Mendonça Amorim; Danielle Souto de Medeiros

Artigos de revisão

19. Heteronomia no âmbito da saúde do adolescente: uma revisão integrativa da literatura – Flávia Pacheco de Araújo; Aldo Pacheco Ferreira; Marcos Besserman Vianna; Maria Helena Barros de Oliveira

Artigos de temas livres

20. Activity limitation in elderly people in the European context of gender inequality: a multilevel approach – André Luiz Barbosa de Lima; Albert Espelt; Kenio Costa de Lima; Marina Bosque-Prous

21. Sobrecarga de cuidadores familiares de pessoas com transtornos mentais: análise dos serviços de saúde – Sara Cordeiro Eloia; Eliany Nazaré Oliveira; Marcos Venícios de Oliveira Lopes; José Reginaldo Feijão Parente; Suzana Mara Cordeiro Eloia; Danyela dos Santos Lima

22. Prevalência de problemas de saúde mental na infância na atenção primária – Daniel Fatori; Alexandra Brentani; Sandra Josefina Ferraz Ellero Grisi; Euripedes Constantino Miguel; Ana Soledade Graeff-Martins

23. Qualidade de vida no trabalho de fisioterapeutas docentes no município de Goiânia, Goiás, Brasil – Alex Carrér Borges Dias; Neuma Chaveiro; Celmo Celeno Porto

24. Fatores associados à cobertura do Sisvan Web para crianças menores de 5 anos, nos municípios da Superintendência Regional de Saúde de Belo Horizonte, Brasil – Carolina Souza Ferreira; Letícia Alves Rodrigues; Isabel Cristina Bento; Maria Patrícia Costa Villela; Mariangela Leal Cherchiglia; Cibele Comini César

25. Recomendação de códigos da CID-10 para vigilância de reações adversas e intoxicações a medicamentos – Daniel Marques Mota; Álvaro Vigo; Ricardo de Souza Kuchenbecker

26. A expansão do objeto da vigilância em acidente do trabalho: história e desafios de um centro de referência em busca da prevenção – Rodolfo Andrade de Gouveia Vilela; José Marçal Jackson Filho; Marco Antônio Pereira Querol; Sandra Francisca Bezerra Gemma; Mara Alice Conti Takahashi; Marcos Hister Pereira Gomes; Sandra Renata Canale Duracenko; Ildeberto Muniz de Almeida

27. Prevalence and factors associated with surfactant use in Brazilian Neonatal Intensive Care Units: A multilevel analysis – Ceane Cunha Rios Lessa; Fernando Lamy Filho; Zeni Carvalho Lamy; Antônio Augusto Moura da Silva; Maria Elizabeth Lopes Moreira; Maria Auxiliadora de Souza Mendes Gomes

28. Multimorbidade, depressão e qualidade de vida em idosos atendidos pela Estratégia de Saúde da Família em Senador Guiomard, Acre, Brasil – Thatiana Lameira Maciel Amaral; Cledir de Araújo Amaral; Nathália Silva de Lima; Patrícia Vasconcelos Herculano; Patrícia Rezende do Prado; Gina Torres Rego Monteiro

29. Construcción de conocimiento biomédico y políticas de salud: Síndrome Urémico Hemolítico y Fibromialgia – Marcela Beatriz Belardo; Kenneth Rochel de Camargo Júnior

30. Diretrizes para a saúde da criança: o desenvolvimento da linguagem em foco – Denyse Telles da Cunha Lamego; Martha Cristina Nunes Moreira; Olga Maria Bastos

Resenhas

Atalla M. Sua vida em movimento. Resenhado por Carlos Henrique de Vasconcellos Ribeiro; Erik Pereira; Felipe Silva

Comments

comments

Deixe uma resposta