Ciência & Saúde Coletiva – Maio de 2011


Em 1983 o Ministério da Saúde lançou o Programa de Assistência Integral à Saúde da Mulher (PAISM) e, em 2004, a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher que integrou e consolidou os avanços nesse setor. A Política Nacional veio acompanhada de um importante plano de ação que abrange, dentre todos os seus aspectos, distintos grupos populacionais – como mulheres negras, indígenas, urbanas, rurais, presidiárias, homossexuais, as portam deficiências, dentre outras – e tem dois eixos: o primeiro se relaciona à perspectiva de gênero e de etnia e o segundo, diz respeito à ampliação do enfoque sobre saúde sexual e a saúde reprodutiva. Este número temático oferece contribuições as mais diversas para discussão das questões que afetam as mulheres sob ambos os aspectos formulados na Política e que hoje estão na pauta do setor saúde.

Comments

comments

Deixe uma resposta