Ciência & Saúde Coletiva – Maio de 2009


Este número temático aprofunda os temas mais cruciais desse processo a partir do contexto nacional e internacional de formulação e efetivação de políticas públicas. Os textos analisam os dilemas e impasses da institucionalização da reforma sanitária e das políticas de proteção social; o financiamento do sistema de saúde; os processos e mecanismos de democratização, de descentralização, de participação; o papel do SUS na redução das desigualdades sociais; a questão do uso, acesso, e regulação dos serviços e dos medicamentos, dentre outros assuntos relevantes. Dois trabalhos tratam sobre reformas de sistemas de saúde em perspectiva internacional, fazendo contraponto com as análises de cunho nacional.

Comments

comments

Deixe uma resposta