Ciência & Saúde Coletiva – Julho de 2011


Este número trata dos instrumentos e meios sócio-técnicos desenvolvidos neste setor fortemente inundado por máquinas e produtos químicos e biológicos. As tecnologias leves são fundamentais em dois sentidos: (1) para mediar, de forma humanizada, os artefatos de todos os tipos que se interpõem entre a pessoa do profissional de saúde e a pessoa do paciente; e (2) para tornar os cuidados mais eficientes, eficazes e efetivos. Aqui se encontram textos sobre controle de infecção hospitalar; apresentação e validação de instrumentos de medidas e escalas; tecnologias de cuidado em saúde mental; desenvolvimento de indicadores quantitativos e qualitativos; cuidados em segurança alimentar; intervenções interdisciplinares em saúde; instrumentos para detecção de vulnerabilidades, de qualidade de vida e para avaliação.

Comments

comments

Deixe uma resposta