Ciência & Saúde Coletiva — Maio de 2020

Saúde: desigualdades, vulnerabilidade e políticas públicas. Foto: Altemar Alcantara/Semcom

Esta edição é fruto da produção científica de professores e estudantes de programas de pós-graduação em saúde coletiva stricto sensu de todo o país, sobre o recorrente tema DESIGUALDADE E SAÚDE. O artigo que abre o número temático analisa o cenário latino-americano que depois de um crescimento alentador em seus indicadores sociais entre 2002-2014, volta ao aumento da pobreza e da miséria, à deterioração do mercado de trabalho e ao incremento da desigualdade de renda.

Os artigos são todos, praticamente, fruto de investigações empíricas sobre as consequências da desigualdade nas diversas regiões do país e sua incidência segundo etnia/raça, gênero, e orientação sexual. Na sua variedade, os autores observam os efeitos da pobreza e da miséria na desnutrição; na vulnerabilidade da saúde indígena; nos problemas de saúde do trabalhador; na incidência de dengue, zika e aborto; na drogadição; nas taxas de mortalidade por homicídios e na ocorrência das violências. São abordadas as vulnerabilidades de grupos especiais como presos, população LGBT, refugiados, negros e desempregados. Metodologicamente, há estudos epidemiológicos, de casos, etnográficos, revisões, ensaios e de geoprocessamento.

No editorial, os organizadores da edição citam a premiada tese de Pedro H. F. Souza que adverte ser necessário para se entender a desigualdade no Brasil olhar o topo da pirâmide econômica. Nela se concentra a maior parte da renda, embora no país, historicamente, a desigualdade sempre tenha sido muito alta. Caiu lentamente depois da II Guerra Mundial; aumentou muito durante a ditadura militar; decresceu lentamente na década de 1990. E nos anos 2000, apesar de diminuir na base social, a posição dos mais abastados se manteve ou aumentou. Hoje, a concentração de renda assume cifras assustadoras de 25%, concentrada em 1% dos mais ricos.

No primeiro artigo, os autores são intransigentes em mostrar a importância de um sistema de proteção social que não seja apenas eventual e compensatório. Ressaltam o papel indelegável do Estado na condução de políticas públicas de construção da igualdade social. Se esse tema tem sido relevante até hoje, será imprescindível e crucial nos tempos pós-Covid-19, pandemia que deixou “o rei nu” no país. Há mais de 50 milhões de brasileiros hoje precisando de proteção que só pode vir de um Estado forte e estrategicamente inteligente!

Acesse Ciência & Saúde Coletiva, edição 25.5 — maio de 2020 no site da C&SC e na base SciELO

Editorial

Saúde: desigualdades, vulnerabilidade e políticas públicas – Élida Azevedo Hennington; Mônica Martins; Simone Monteiro.

Artigo destaque

1. COVID-19 no estado do Ceará, Brasil: comportamentos e crenças na chegada da pandemia – Danilo Lopes Ferreira Lima; Aldo Angelim Dias; Renata Sabóia Rabelo; Igor Demes da Cruz; Samuel Carvalho Costa; Flávia Maria Noronha Nigri; Jiovanne Rabelo Neri

Artigos temáticos

2. Enfrentar las desigualdades en salud en América Latina: el rol de la protección social – Laís Abramo; Simone Cecchini; Heidi Ullmann

3. Tendência de atitudes extremas em relação ao peso em adolescentes e sua relação com suporte familiar e imagem corporal – Carolina Souza Ferreira; Fabíola Bof de Andrade

4. Insegurança alimentar e nutricional de famílias usuárias da Estratégia Saúde da Família em dois municípios paraibanos, Brasil – Eduarda Emanuela Silva dos Santos; Maria Mônica de Oliveira; Ítalo de Macedo Bernardino; Dixis Figueroa Pedraza

5. Problemas e estratégias de gestão do SUS: a vulnerabilidade dos municípios de pequeno porte – Elisangela Pinafo; Elisabete de Fátima Polo de Almeida Nunes; Brígida Gimenez Carvalho; Fernanda de Freitas Mendonça; Carolina Milena Domingos; Camila Ribeiro Silva

6. Composição do Índice de Iniquidade em Saúde a partir das desigualdades na mortalidade e nas condições socioeconômicas em uma capital brasileira – Matheus de Sousa Mata; Íris do Céu Clara Costa

7. Dinâmica espaço-temporal da dengue no Distrito Federal, Brasil: ocorrência e permanência de epidemias – Bruna Drumond; Jussara Ângelo; Diego Ricardo Xavier; Rafael Catão; Helen Gurgel; Christovam Barcellos

8. Relações entre produção cientifica e políticas públicas: o caso da área da saúde dos povos indígenas no campo da saúde coletiva – Juliana Fernandes Kabad; Ana Lúcia de Moura Pontes; Simone Monteiro

9. Regime da escassez: a alimentação no sistema penitenciário feminino – Luciana Maria Pereira de Sousa; Iara Nayara de Barros Matos; Taysa Rayane Lucas de Paiva; Sávio Marcelino Gomes; Cláudia Helena Soares de Morais Freitas

10. Problemas emocionais e uso de medicamentos psicotrópicos: uma abordagem da desigualdade racial – Camila Stéfani Estancial Fernandes; Margareth Guimarães Lima; Marilisa Berti de Azevedo Barros

11. A “amiga que já abortou”: um olhar sobre experiências partilhadas em uma comunidade virtual – Nanda Isele Gallas Duarte; Vera Lucia Marques da Silva; Liana Wernersbach Pinto

12. Pobreza e desigualdades sociais: tensões entre direitos, austeridade e suas implicações na atenção primária – Delane Felinto Pitombeira; Lucia Conde de Oliveira

13. Homicídios da População de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais ou Transgêneros (LGBT) no Brasil: uma análise espacial – Wallace Góes Mendes; Cosme Marcelo Furtado Passos da Silva

14. Trabalho e saúde na população transexual: fatores associados à inserção no mercado de trabalho no estado de São Paulo, Brasil – Maria Aparecida da Silva; Carla Gianna Luppi; Maria Amélia de Sousa Mascena Veras

15. Desigualdades sociais e geográficas no desempenho da assistência pré-natal de uma Região Metropolitana do Brasil – Carolina Dutra Degli Esposti; Edson Theodoro dos Santos-Neto; Adauto Emmerich Oliveira; Claudia Travassos; Rejane Sobrino Pinheiro

16. Modos de produção do cuidado e a universalidade do acesso – análise de orientações federais para o trabalho das equipes da APS no Brasil – Erica Lima Costa de Menezes; Marta Inez Machado Verdi; Magda Duarte dos Anjos Scherer; Mirelle Finkler

17. Abrindo os armários do acesso e da qualidade: uma revisão integrativa sobre assistência à saúde das populações LGBTT – Breno de Oliveira Ferreira; Cláudia Bonan

18. Realismo crítico e desigualdades sociais: considerações a partir de uma pesquisa avaliativa – Delaine Martins Costa; Rosana Magalhães

19. Saúde nas margens: dilemas da territorialidade da Atenção Primária em Saúde no cuidado aos refugiados no município do Rio de Janeiro, Brasil – Ana Carolina Maia; Rogerio Lopes Azize

20. Atenção Primária e Coordenação do Cuidado: dispositivo para ampliação do acesso e a melhoria da qualidade – Sabiny Pedreira Ribeiro; Maria de Lourdes Tavares Cavalcanti

21. Representações e práticas de cuidado dos profissionais da saúde indígena em relação ao uso de álcool – Anapaula Martins Mendes; Jose-Oriol Romani Alfonso; Esther Jean Langdon; Marcia Grisotti; Angel Martínez-Hernáez

22. Acidentes de trabalho fatais em empresa brasileira de petróleo e gás: análise da política de saúde e segurança dos trabalhadores – Hilka Flavia Saldanha Guida; Marcelo Gonçalves Figueiredo; Élida Azevedo Hennington

23. A temporalidade social do trabalho docente em universidade pública e a saúde – Andréa Maria dos Santos Rodrigues; Kátia Reis de Souza; Liliane Reis Teixeira; Ariane Leites Larentis

24. Relação dos indicadores de desigualdade social na distribuição espacial dos casos de Zika Vírus – Lizailma Silva Cunha; Wilton Rodrigues Medeiros; Francisco Assis Vieira Lima Junior; Silvana Alves Pereira

25. Satisfação do usuário da Atenção Primária no Distrito Federal: a importância do acesso oportuno e da visita domiciliar -Denise de Lima Costa Furlanetto; Adriano de Almeida de Lima; Claudia Mara Pedrosa; Thatianny Tanferri de Brito Paranaguá; Mayra Fernandes Xavier; Amanda Kellen Pereira da Silva; Viviane Belini Rodrigues; Leonor Maria Pacheco Santos

26. Atenção Domiciliar no Brasil: estudo exploratório sobre a consolidação e uso de serviços no Sistema Único de Saúde – Fabiana Lima Rajão; Mônica Martins

27. Fragilidades no processo de trabalho na Atenção à Saúde à Mulher em situação de violência sexual – July Grassiely de Oliveira Branco; Luiza Jane Eyre de Souza Vieira; Aline Veras Morais Brilhante; Maxmiria Holanda Batista

28. Desigualdades sociais do impacto das quedas de idosos na qualidade de vida relacionada à saúde – Mariana Mapelli de Paiva; Margareth Guimarães Lima; Marilisa Berti de Azevedo Barros

Artigos de revisão

29. Prevenção combinada do HIV? Revisão sistemática de intervenções com mulheres de países de média e baixa renda – Tonantzin Ribeiro Gonçalves; Adriano Henrique Caetano Costa; Mariana Silveira Sales; Heloísa Marquardt Leite

30. Dança como uma intervenção para melhorar a mobilidade e o equilíbrio em idosos: uma revisão de literatura – Cléia Rocha de Oliveira; Anelise Ineu Figueiredo; Aniuska Schiavo; Lucas Athaydes Martins; Maria Eduarda Telles; Giovana Adamatti Rodrigues; Regis Gemerasca Mestriner

31. Homicídios do Brasil na última década: uma revisão integrativa – André Luiz Sá de Oliveira; Carlos Feitosa Luna; Maria Gabriella Pacheco da Silva

Artigos de temas livres

32. Violência contra a mulher na vida: estudo entre usuárias da Atenção Primária – Ione Barbosa dos Santos; Franciéle Marabotti Costa Leite; Maria Helena Costa Amorim; Paulete Maria Ambrósio Maciel; Denise Petrucci Gigante

33. Frailty syndrome in Brazilian older people: a population based study – Rita de Cássia Guedes; Rosangela Dias; Anita Liberalesso Neri; Eduardo Ferriolli; Roberto Alves Lourenço; Lygia Paccini Lustosa

34. Avaliação do desempenho do Sistema Nacional de Notificações para a Vigilância Sanitária: uma ferramenta do sistema de farmacovigilância no Brasil – Daniel Marques Mota; Álvaro Vigo; Ricardo de Souza Kuchenbecker

35. Epidemiology of the injury with venomous animals in the state of Rio Grande do Norte, Northeast of Brazil – Aluska Vieira Tavares; Kalianny Adja Medeiros de Araújo; Michael Radan de Vasconcelos Marques; Renner Leite

36. Influência do clima nas hospitalizações por asma em crianças e adolescentes residentes em Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil – Cláudia Silva Dias; Sueli Aparecida Mingoti; Ana Paula Romanelli Ceolin; Maria Angélica de Salles Dias; Amélia Augusta de Lima Friche; Waleska Teixeira Caiaffa

Resenhas

Minayo MCS, Costa AP. Técnicas que fazem uso da Palavra, do Olhar e da Empatia: Pesquisa Qualitativa em Ação – Resenhado por Orli Carvalho da Silva Filho

Comments

comments

Deixe uma resposta