Ciência & Saúde Coletiva – Junho de 2020

 

Campanha da prefeitura de Manaus (AM) sobre combate à violência contra idosos durante a pandemia. Foto: Mário Oliveira/Semcom

A pandemia pela Covid-19 pegou o mundo de surpresa e está revirando suas entranhas. Por se tratar de uma doença nova, agressiva e pandêmica para a qual a humanidade não possui imunidade, ela tende a saturar os serviços de saúde, a atingir em  cheio o emocional das pessoas, a provocar polêmicas e  acirrar contradições.

Em contraposição, nunca houve uma clareza tão grande quanto à necessidade de adesão das pessoas e das coletividades às orientações ditadas pelo Ministério da Saúde e dos Organismos Internacionais como a OMS, os únicos que, ainda tateando, conseguem carregar uma luzinha que nos guia ao fim do túnel. Nunca houve tanta necessidade de baixar a ânsia por lucro e produtividade! Nunca houve tanta perplexidade quanto à fragilidade da vida, do presente e do futuro! Talvez esse último aspecto seja o lado bom da situação, por fazer-nos parar, pensar e pedir para descer desse mundo contemporâneo tão marcado por conflitos, discriminações e exploração. Quem sabe, conseguimos entrar num comboio em que a terra viva ganhe respeito e solidariedade e onde a presença humana seja humildemente entendida como parte, um detalhe!

A Revista Ciência & Saúde Coletiva está acompanhando o desenvolvimento da pandemia, as contaminações e mortes pela Covid-19, e a forma como a população brasileira está respondendo a tantos desafios do ponto de vista da saúde, por meio da contribuição da epidemiologia, das ciências sociais e das políticas de saúde que buscam, na incerteza, evidências para prevenção e tratamento.

Nesta edição temática há análise da situação global; protocolo para detecção da prevalência da infecção em sintomáticos e assintomáticos; estudo sobre a migração do vírus das regiões metropolitanas para o interior; pesquisa sobre a efetividade do distanciamento social quando combinado com o isolamento de casos e com a quarentena dos contatos; repercussões do isolamento sobre o convívio social, aumento do medo, da angústia e de outros agravos à saúde mental; consequências financeiras pela perda de emprego e renda, aumento da desigualdade, da informalidade; e também prejuízos incalculáveis para crianças e jovens em sua escolaridade e socialização em particular na população de baixa renda. Não menos importante, a pandemia que evidenciou as fragilidades dos sistemas de saúde em vários países do mundo, mostra também a situação do Brasil enredado pela dependência de equipamentos, insumos e notícias falsas e opiniões duvidosas. Os textos destacam o importante papel do SUS, o que passou a ser reconhecido pela população para o enfrentamento da pandemia. Leiam os artigos e saibam muito mais.

Acesse Ciência & Saúde Coletiva, edição 25.6- Suplemento – A pandemia que revirou o mundo — junho de 2020 no site da C&SC e na base SciELO

Editorial

Epidemiologia, ciências sociais e políticas de saúde no enfrentamento da COVID-19 – Antônio Augusto Moura da Silva; Maria Cecília de Souza Minayo; Romeu Gomes.

Artigos temáticos

1- Evolução da prevalência de infecção por COVID-19 no Rio Grande do Sul, Brasil: inquéritos sorológicos seriados – Pedro Curi Hallal; Bernardo L Horta; Aluísio J D Barros; Odir A Dellagostin; Fernando P Hartwig; Lúcia C Pellanda; Cláudio José Struchiner; Marcelo N Burattini; Mariângela Freitas da Silveira; Ana M B Menezes; Fernando C Barros; Cesar Gomes Victora

2- Worldwide differences in COVID-19-related mortality – Pedro Curi Hallal

3- Fatores associados ao comportamento da população durante o isolamento social na pandemia de COVID-19 – Anselmo César Vasconcelos Bezerra; Carlos Eduardo Menezes da Silva; Fernando Ramalho Gameleira Soares; José Alexandre Menezes da Silva

4- Medidas de distanciamento social no controle da pandemia de COVID-19: potenciais impactos e desafios no Brasil – Estela Maria Motta Lima Leão de Aquino; Ismael Henrique Silveira; Julia Moreira Pescarini; Rosana Aquino; Jaime Almeida de Souza-Filho; e colaboradores do grupo de síntese da Rede CoVida

5- Emociones, preocupaciones y reflexiones frente a la pandemia del COVID-19 en Argentina – María Cecilia Johnson; Lorena Saletti-Cuesta; Natalia Tumas

6- Impact of COVID-19 on mental health in a Low and Middle-Income Country – Luís Fernando Silva Castro-de-Araujo; Daiane Borges Machado

7- Análise Espacial dos Casos de COVID-19 e leitos de terapia intensiva no estado do Ceará, Brasil – Nathália Lima Pedrosa; Nila Larisse Silva de Albuquerque

8- A pandemia de COVID-19 para além das Ciências da Saúde: reflexões sobre sua determinação social – Diego de Oliveira Souza

9- O uso intensivo da internet por crianças e adolescentes no contexto da Covid-19 e os riscos para violências autoinflingidas – Suely Ferreira Deslandes; Tiago Coutinho

10- Preservação da privacidade no enfrentamento da COVID-19: dados pessoais e a pandemia global – Bethania de Araujo Almeida; Danilo Doneda; Maria Yury Ichihara; Manoel Barral-Netto; Gustavo Correa Matta; Elaine Teixeira Rabello; Fabio Castro Gouveia; Mauricio Barreto

Opinião

Ações federais para apoio e fortalecimento local no combate ao COVID-19: a Atenção Primária à Saúde (APS) no assento do condutor – Erno Harzheim; Caroline Martins; Lucas Wollmann; Lucas Alexandre Pedebos; Lívia de Almeida Faller; Maximiliano das Chagas Marques; Tales Shinji Sawakuchi Minei; Carlo Roberto Hackmann da Cunha; Luiz Felipe Telles; Luana Jonata Nunes de Moura; Márcia Helena Leal; Atila Szczecinski Rodrigues; Milena Rodrigues Agostinho Rech; Otávio Pereira D’Avila

Resenhas

Huremović D, editor. Psychiatry of Pandemics: A Mental Health Response to Infection Outbreak – Resenhado por Orli Carvalho da Silva Filho; Maria Cecília de Souza Minayo

Comments

comments

Deixe uma resposta