OPAS/OMS abre chamada para PLSI 2016


Diplomacia em saúde, cooperação internacional, saúde universal, desenvolvimento sustentável, migração, saúde nas fronteiras, tensões e conflitos, mudanças climáticas e doenças não transmissíveis. A Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) está com inscrições abertas para o Programa de Líderes em Saúde Internacional Edmundo Granda Ugalde – PLSI 2016.

Desde 2008, o programa já capacitou mais de 300 líderes da região. A edição de 2016 começará no final de abril e terá a duração de nove meses. Os candidatos selecionados vão participar de atividades de aprendizagem virtuais em coordenação com o escritório da Organização no seu país de origem, ao mesmo tempo em que permanecem em suas instituições. O programa culmina com a apresentação de um projeto final.

Além de ser residente em país-membro, para se inscrever no curso, é necessário ter nível superior comprovado e reconhecido pelos órgãos competentes; exercício de cargo diretivo ou gerencial em saúde pública, relações internacionais ou áreas afins, com experiência mínima de três anos, podendo ser tanto no exercício dos serviços, da docência e/ou da pesquisa; domínio de inglês e de espanhol e disponibilidade de 20 horas semanais, incluindo de 2 a 4 horas por semana para sessões virtuais sincronizadas. O prazo é até 15 de fevereiro.

Ao fim do programa, o objetivo é que os participantes tenham incorporado ou fortalecido seus conhecimentos de análise de situação, formulação de políticas e tomada de decisões, negociação e defesa, gerenciamento de projetos e cooperação, comunicação, produção e intercâmbio de conhecimento.

Para saber mais sobre os requisitos e processos de aplicação, acesse www.paho.org/plsi2016 (disponível em inglês ou espanhol). Questões adicionais sobre o PLSI no Brasil podem ser enviadas para a consultora Nacional do Programa de Saúde Internacional da Representação da OPAS/OMS no país, Stella de Wit, pelo e-mail wits@paho.org.

Comments

comments

Deixe uma resposta