IV Mostra Nacional de Experiências em Atenção Básica valorizará relatos criativos


19 de agosto de 2013 – Atualizado em 18/09
 

Atividades, ações, vivências e pesquisas voltadas à Atenção Básica e à Saúde da Família têm seu espaço de encontro e intercâmbio marcado. Estão abertas as inscrições para a IV Mostra Nacional de Experiências em Atenção Básica/Saúde da Família. O evento será de 12 a 15 de março de 2014, em Brasília, e as inscrições de relatos estão abertas até 15 de setembro. O período para inscrição de relatos de experiência (trabalhos) foi prorrogado até dia 30 de setembro de 2013.


Sob o lema “Todo trabalhador tem muito a ensinar e a aprender”, o objetivo da Mostra é valorizar experiências cotidianas e estimular o protagonismo local dos milhares de trabalhadores, gestores e usuários da Atenção Básica do Brasil. Serão programados 1.380 relatos, divididos em apresentações de 10 ou 20 minutos. Os depoimentos devem ser inscritos em um dos 19 eixos temáticos definidos pela organização ou no eixo livre, caso a experiência não esteja contemplada nos demais temas.


Cada autor poderá apresentar até dois relatos de experiências diferentes e cada experiência poderá ser representada por até seis autores, sendo que um deles, necessariamente, deverá se cadastrar na Comunidade de Práticas da Mostra. O formulário comporta ainda a inserção de até 20 atores da experiência, isto é, pessoas envolvidas com a ação/vivência e que não são autoras do relato. Os depoimentos classificados serão apresentados somente por um dos autores. 


Os interessados poderão ainda contar com a ajuda de curadores, previamente selecionados pela organização da Mostra e que tem como função estimular a problematização e o detalhamento das experiências, fazendo sugestões aos autores no intuito de deixar os relatos mais leves e criativos. A avaliação dos depoimentos será feita em novembro, com premiações para mil (1.000) relatos. As inscrições para participantes sem comunicação começa em outubro.

Confira abaixo os eixos temáticos e acesse aqui para outras informações.

1. O Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade (PMAQ-AB) e a mobilização pela melhoria do cuidado na Atenção Básica

2. Ambiência e estrutura: acesso, qualidade e resolutividade

3. Ampliação e qualificação da Saúde Bucal na Atenção Básica

4. Arte, saúde e cuidado

5. As práticas de Vigilância em Saúde no território da Atenção Básica

6. Controle social e participação política

7. Educação em Saúde e Educação Popular em Saúde

8. Educação Permanente em Saúde e a interface ensino-serviço na Atenção Básica

9. Gestão do Cuidado e processo de trabalho

10. Gestão do Trabalho: provimento, vínculo, fixação, carreira e remuneração por desempenho

11. Humanização na Atenção Básica

12. Monitoramento e Avaliação em Atenção Básica

13. Atenção Nutricional na Atenção Básica

14. Práticas Integrativas e Complementares (PIC) na Atenção Básica

15. Promoção da Saúde e Intersetorialidade

16. Telessaúde, Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) e Atenção Domiciliar como dispositivos de qualificação da Atenção Básica

17. Redes de Atenção à Saúde (RAS)

18. Processo de implantação do e-SUS AB e Tecnologias/Sistemas de informação na Atenção Básica

19. Trabalho das equipes de Atenção Básica junto a populações específicas e povos indígenas

20. Eixo Livre

Comments

comments

Deixe uma resposta