Gastão Wagner participa do debate ‘UERJ em defesa do SUS’


No próximo dia 28 de setembro, quarta-feira, o presidente da Abrasco, Gastão Wagner estará no auditório 11 da Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ, para o debate “UERJ em Defesa do SUS”, a partir das 09h00. Dois temas serão debatidos neste evento: “Direito à Saúde” e “SUS, características e desafios”. O primeiro tema será coordenado por Gulnar Azevedo, diretora do Instituto de Medicina Social (IMS-UERJ) e, além de Gastão, contará com a participação de Reinaldo Guimarães, da Abifina, (O custo tecnológico do SUS); Elida Graziane, da MPC-SP, (Direito Universal à Saúde); e Maria do Socorro, da Fiocruz Brasília, (Os desafios do controle social na defesa do SUS).

Gastão vai discutir a relevância e necessidade do SUS para o Brasil e possibilidades políticas, socioculturais, orçamentárias e sanitárias de construção de um sistema de saúde efetivo. A exposição de Reinaldo Guimarães tratará de dois pontos – “O primeiro, mais geral, tratará de pontuar uma diferença entre o que o SUS tem sido e o que poderá vir a ser. O segundo, mais específico, tratará do tema que está no programa”, explica Reinaldo.

A procuradora do Ministério Público de Contas do Estado de São Paulo, Élida Graziane Pinto, pretende tratar da defesa do direito à saúde e do SUS – “por meio da garantia fundamental do seu custeio constitucionalmente adequado, referido tanto ao dever de aplicação mínima de recursos, quanto à sua fonte de custeio no bojo do Orçamento da Seguridade Social”, resume Élida.

Durante a tarde, Clarissa Seixas, da Fiocruz-RJ, coordenará a mesa “SUS, características e desafios”, com a participação de José Noronha, da Fiocruz-RJ, com o tema “O SUS comparado a outros Sistemas de Saúde”; Heider Aurélio Pinto, da SGETS-MS 2014/16, trazendo ao debate “Como resistir aos ataques ao SUS”; Sandra Fortes, do FCM/UERJ, que vai apresentar “A importância do SUS no movimento da Saúde Mental”; e ainda Terezinha Nóbrega, da ENF/UERJ, que vai ressaltar “O papel dos profissionais de saúde para viabilização do SUS”.

O evento é gratuito e não precisa de inscrição prévia.

 

Comments

comments

Deixe uma resposta