Fiocruz debate cenários futuros do modelo educacional


Quais os desafios necessários para os processos de formação e educação cruzem a fronteira do século e dialogarem com valores muitas vezes díspares como velocidade, conectividade, qualidade e profundidade? Essa é uma das questões que move o Seminário Educação, Saúde e Sociedade do Futuro, programado para os dias 25, 26 e 27 de agosto, no campus Manguinhos da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), e que visa a discutir as perspectivas e novas visões sobre a educação na sociedade contemporânea, com foco nas diretrizes e projetos educacionais inovadores.

Dividido em três eixos: educação, tecnologia e sociedade; educação e trabalho para o SUS; e formação para a pesquisa e inovação, o evento trará ao Brasil Pierre Levy, pesquisador Departamento de Hipermídia da Universidade de Paris-VIII e uma das referências internacionais na temática da educação e novas tecnologias de comunicação. Junto a ele, contará com a participação dos abrasquianos Naomar de Almeida Filho, reitor da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), Kenneth Camargo, professor do Instituto de Medicina Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (IMS/Uerj), que irão participar de duas mesas redondas do evento, e outros associados da Abrasco na programação, como Antonio Ivo de Carvalho (CEE/Fiocruz); Nísia Trindade (VPEIC/Fiocruz); Sergio Rego (ENSP-Fiocruz), entre outros.

Haverá ainda no dia 26 um lançamento coletivo de livros editados pela Editora Fiocruz, dentre eles, Saúde Coletiva: a Abrasco em 35 anos de História. Acesse o site do evento, inscreva-se aqui e confira abaixo os destaques da programação:

Seminário Educação, Saúde e Sociedade do Futuro
De 25 a 27 de agosto
Local: Museu da Vida (Com transmissão para Tenda da Ciência)
Endereço: Av. Brasil, 4365 – Fiocruz – Manguinhos

Destaques na programação

Mesa redonda: Educação em Saúde: Desafios e Perspectivas
25 de agosto, às 14 horas
Auditório do Museu da Vida

Política de Formação e Qualificação dos Profissionais de Saúde, por Heider Aurélio Pinto, Secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES), Ministério da Saúde (MS).
Proposta da Base nacional curricular comum, por Manuel Palacios, Secretário de educação básica do Ministério da Educação (MEC).
Redes e Educação Permanente em Saúde: limites e perspectivas, por Mario Rovere, professor da Universidad de Buenos Aires, Universidad Nacional de Rosario, Faculdade Latinoamericana de Ciencias Sociais (FLACSO). Pesquisador da Universidad Nacional de La Matanza, Asociación Latinoamricana de Medicina Social ALAMES.
Modos de Formação e Modelos Curriculares na Educação Superior: uma nova cultura e trajetória na educação, por Naomar Almeida-Filho, professor Titular de Epidemiologia no Instituto de Saúde Coletiva da UFBA. Reitor da Universidade Federal do Sul da Bahia.
Coordenação: Antonio Ivo de Carvalho – Centro de Estudos Estratégicos/ CEE/Fiocruz

Mesa redonda: Como Formar Profissionais para a Ciência Comprometidos com a Qualidade, o Pensamento Crítico e a Inovação
26 de agosto, às 11 horas
Auditório do Museu da Vida

Ciência e Educação: um diálogo necessário, por Roberto Lent, professor titular da Universidade Federal do Rio de Janeiro, diretor do Instituto de Ciências Biomédicas. É membro titular da Academia Brasileira de Ciências, membro do Conselho Técnico-Científico da CAPES – Ensino Básico, e presidente do Conselho Deliberativo do Instituto Ciência Hoje. Educação: para onde vamos, por Isaac Roitman, professor emérito da Universidade de Brasília, coordenador do Núcleo de Estudos do Futuro (n.Futuros/CEAM/UnB), presidente do Comitê Editorial da Revista Darcy/UnB e membro tiular de Academia Brasileira de Ciências.
Produção Científica: avaliação da qualidade, por Kenneth Rochel de Camargo Jr, Professor adjunto do Instituto de Medicina Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (IMS/UERJ), editor do American Journal of Public Health e editor da revista Physis. Membro da Comissão de Ciências Sociais e Humanas em Saúde da Abrasco.

Coordenação: Tatiana Wargas – ENSP/Fiocruz

Lançamento coletivo dos livros da Editora Fiocruz
26 de agosto, às 16 horas
Hall da Biblioteca de Manguinhos (ICICT/Fiocruz)

Lançamento coletivo das últimas publicações da editora, entre eles, SAÚDE COLETIVA: A ABRASCO EM 35 ANOS DE HISTÓRIA, organizado por Nísia Trindade Lima, José Paranaguá de Santana e Carlos Henrique Assunção Paiva.

Conferência: Educação e Comunicação: desafios para uma cultura de responsabilidade de colaboração em redes
27 de agosto, às 11 horas
Auditório do Museu da Vida

Conferencista: Pierre Levy

Coordenação: Nisia Trindade

Roda de conversa 4: Integridade na pesquisa e na comunicação científica
Dia 27 de agosto, às 14 horas
DIRAC- Sala 4 – 30 vagas

Coordenação/Mediação: Juliana Reis (ICICT/Fiocruz), Claude Pirmez (VPPDT/Fiocruz), Sergio Rego ( ENSP/Fiocruz e GTBioética/Abrasco)

Comments

comments

Deixe uma resposta