Qualidade da produção e do consumo de alimentos – edição de agosto de 2015 da Revista Ciência & Saúde Coletiva


Um mundo onde 854 milhões de pessoas estão subnutridas e 300 milhões são obesos, segundo a Organização Mundial da Saúde. A nutrição em excesso e a subnutrição geralmente coexistem em uma mesma comunidade, e até em um mesmo lar, afetando países ricos ou pobres de mesmo modo. Informações impressionantes sobre a importância da nutrição para a saúde pública estão na edição de agosto de 2015 da Revista Ciência & Saúde Coletiva.

O contundente editorial de “Qualidade da produção e do consumo de alimentos: um dos maiores desafios da saúde pública contemporânea”, assinado por Roger Shrimpton (Tulane School of Public Health and Tropical Medicine, New Orleans, Louisiana, USA), avisa – “A garantia de que a atividade física venha a ser facilitada e disponibilizada sem dificuldade, e que o acesso a dietas de qualidade será financeiramente acessível, com extinção da publicidade que promove hábitos e produtos não saudáveis, vai muito além do domínio da mera ‘força de vontade”.

Acesse no site da Revista e na Base de dados do Scielo

Esta edição temática da Ciência & Saúde Coletiva focaliza a importância da nutrição para a saúde pública, um assunto de significância global e em ascensão contínua. Atualmente a má nutrição afeta pelo menos a metade da população global. O conceito de “Carga Dobrada por Má Nutrição” (DBM), descrito inicialmente nos anos 1990 é hoje reconhecido como um dispositivo para avaliar o efeito causal da má nutrição sobre o curso da vida. Observa-se que as populações afetadas estão mais suscetíveis às doenças não transmissíveis, tais como a pressão sanguínea elevada e o diabetes. A nutrição em excesso e a subnutrição geralmente coexistem em uma mesma comunidade, e até em um mesmo lar, afetando países ricos ou pobres do mesmo modo.

Esses problemas comprometem o desenvolvimento infantil afetando em torno de 25% das crianças, enquanto cerca de 1/3 dos adultos está com sobrepeso ou sofre de obesidade no mundo. A anemia também está afetando cerca de um terço das mulheres em idade fértil e quase a metade das crianças em idade pré-escolar. A subnutrição infantil e a de suas mães constituem, quando consideradas em conjunto, as causas de quase a metade do total dos óbitos de crianças. Já o impacto econômico global provocado pela obesidade tem sido estimado, grosso modo, em dois trilhões de dólares, equivalentes a 2,8% do produto bruto global.

Artigos temáticos

1. Nutrition-sensitive agriculture and the promotion of food and nutrition sovereignty and security in Brazil – Renato Sergio Maluf; Luciene Burlandy; Mariana Santarelli; Vanessa Schottz; Juliana Simões Speranza

2. Consumo de frutas e hortaliças e as condições de saúde de homens e mulheres atendidos na atenção primária à saúde – Marina da Silva Oliveira; Leysse Náthia Lourenço Lacerda; Luana Caroline dos Santos; Aline Cristine Souza Lopes; Ana Maria Chagas Sette Câmara; Hans-Joachim Karl Menzel; Paula Martins Horta

3. Estado nutricional de indígenas Kaingang e Guarani no estado do Paraná, Brasil – Juliana Dias Boaretto; Carlos Alexandre Molena-Fernandes; Giuliano Gomes de Assis Pimentel

4. Comida de rua: avaliação das condições higiênico-sanitárias de manipuladores de alimentos – Giovanna Carbonera de Souza; Celso Tadeu Barbosa dos Santos; Anderson Assunção Andrade; Luciene Alves

5. Tradução e adaptação cultural do questionário sobre motivo das escolhas alimentares (Food Choice Questionnaire – FCQ) para a língua portuguesa – Sara Franco Diniz Heitor; Camilla Chermont Prochnik Estima; Fabricia Junqueira das Neves; Aline Silva de Aguiar; Sybelle de Souza Castro; Julia Elba de Souza Ferreira

6. Influência do aleitamento materno na hospitalização de menores de dois anos no Estado de Pernambuco, Brasil, em 1997 e 2006 – Thaysa Thatyana Aragão Guerra Mota; Maria de Fátima Costa Caminha; José Natal Figueiroa; Pedro Israel Cabral de Lira; Malaquias Batista Filho

7. Avaliação do SISVAN na gestão de ações de alimentação e nutrição em Minas Gerais, Brasil – Mara Diana Rolim; Sheyla Maria Lemos Lima; Denise Cavalcante de Barros; Carla Lourenço Tavares de Andrade

8. Fatores associados ao consumo de bebidas açucaradas entre pré-escolares brasileiros: inquérito nacional de 2006 – Juliana Bergamo Vega; Ana Paula Poblacion; José Augusto de Aguiar Carrazedo Taddei

9. Obesity parameters as predictors of early development of cardiometabolic risk factors – Miria Suzana Burgos; Cézane Priscila Reuter; Lia Gonçalves Possuelo; Andréia Rosane de Moura Valim; Jane Dagmar Pollo Renner; Luciana Tornquist; Debora Tornquist; Anelise Reis Gaya

10. Alimentação saudável e dificuldades para torná-la uma realidade: percepções de pais/responsáveis por pré-escolares de uma creche em Belo Horizonte/MG, Brasil – Isabel Cristina Bento; Juliana Maria de Melo Esteves; Thaís Elias França

11. Alteração no comportamento alimentar de trabalhadores de turnos de um frigorífico do sul do Brasil – Elisângela da Silva de Freitas; Raquel Canuto; Ruth Liane Henn; Beatriz Anselmo Olinto; Jamile Block Araldi Macagnan; Marcos Pascoal Pattussi; Fernanda Michelin Busnello; Maria Teresa Anselmo Olinto

12. Excesso de peso e variáveis associadas em escolares de Itajaí, Santa Catarina, Brasil – Carolina Kneipp; Fernanda Habitzreuter; Tatiana Mezadri; Doroteia Aparecida Höfelmann

 

Artigos de revisão

13. Características de estudos qualitativos conduzidos por médicos: revisão da literatura – Stella Regina Taquette; Maria Cecília de Souza Minayo

14. A Polissemia da Governança Clínica: uma revisão da literatura – Romeu Gomes; Valéria Vernaschi Lima; José Maurício de Oliveira; Laura Maria Cesar Schiesari; Everton Soeiro; Luciana Faluba Damázio; Helena Lemos Petta; Marilda Siriani de Oliveira; Silvio Fernandes da Silva; Sueli Fatima Sampaio; Roberto de Queiroz Padilha; José Lúcio Martins Machado; Gilson Caleman

15. Construção de uma escala para avaliar a qualidade metodológica de revisões sistemáticas – Angelo Brandelli Costa; Ana Paula Couto Zoltowski; Silvia Helena Koller; Marco Antônio Pereira Teixeira

 

Construtores da Saúde Coletiva

16. Mário Magalhães: Desenvolvimento é Saúde – Sarah Escorel

 

Temas livres

17. Attributes of primary health care provided to children/adolescents with and without disabilities – Fernando Rodrigues Peixoto Quaresma; Airton Tetelbom Stein

18. Prevalência dos distúrbios musculoesqueléticos nos membros superiores e pescoço em pescadoras artesanais/marisqueiras em Saubara, Bahia, Brasil – Ila Rocha Falcão; Maria Carolina Barreto Moreira Couto; Verônica Maria Cadena Lima; Paulo Gilvane Lopes Pena; Lílian Lessa Andrade; Juliana dos Santos Müller; Ivone Batista Alves; Wendel da Silva Viana; Rita de Cássia Franco Rêgo

19. Mental disorders among health workers in Brazil – Berenice Scaletzky Knuth; Ricardo Azevedo da Silva; Jean Pierre Oses; Vinicius Augusto Radtke; Rafaela Abreu Cocco; Karen Jansen

20. Fatores associados a doenças crônicas em idosos atendidos pela Estratégia de Saúde da Família – Fernanda Batista Pimenta; Lucinéia Pinho; Marise Fagundes Silveira; Ana Cristina de Carvalho Botelho

21. Avaliação de diferentes modalidades de ações preventivas na redução do consumo de substâncias psicotrópicas em estudantes no ambiente escolar: um estudo randomizado – Marcelo Oliveira do Nascimento; Denise De Micheli

22. Colaboração interprofissional na Estratégia Saúde da Família: implicações para a produção do cuidado e a gestão do trabalho – Caroline Guinoza Matuda; Nicanor Rodrigues da Silva Pinto; Cleide Lavieri Martins; Paulo Frazão

23. Direitos sexuais e reprodutivos na adolescência: interações ONU-Brasil – Silvia Piedade de Moraes; Maria Sylvia de Souza Vitalle

24. Padrões de acessos a informações sobre proteção antiUV durante os verões brasileiros: haveria um “efeito verão”? – Paulo Roberto Vasconcellos-Silva; Rosane Harter Griep;Miriam Carvalho de Souza

25. As desigualdades sociais e a saúde bucal nas capitais brasileiras – Janmille Valdivino da Silva; Flávia Christiane de Azevedo Machado; Maria Angela Fernandes Ferreira

26. Inclusão da pessoa com deficiência no mercado de trabalho em Belo Horizonte, Brasil: cenário e perspectiva – Priscila Neves-Silva; Fabiana Gomes Prais; Andréa Maria Silveira

27. Representações sociais dos conselheiros municipais de saúde sobre a vigilância sanitária – Ana Maria Caldeira Oliveira; Sueli Gandolfi Dallari

28. Brand names of Portuguese medication: understanding the importance of their linguistic structure and regulatory issues – Carla Pires; Marina Vigário; Afonso Cavaco

29. Modelo fuzzy estimando tempo de internação por doenças cardiovasculares – Karine Mayara Vieira Coutinho; Paloma Maria Silva Rocha Rizol; Luiz Fernando Costa Nascimento; Andréa Paula Peneluppi de Medeiros

30. Subjetividade, ética e produtividade em saúde pós-reestruturação produtiva – Doris Gomes; Flávia Regina Souza Ramos

 

Resenhas

Plágio: palavras escondidas. Autora: Diniz D, Terra A. Resenhado por Luciana Stoimenoff Brito

 

Comments

comments

Deixe uma resposta