Estilo de vida e desigualdade em saúde – edição de abril da Revista Ciência & Saúde Coletiva


A edição 20.4 de abril de 2015 da Revista Ciência & Saúde Coletiva trata do tema “Estilo de vida e desigualdade em saúde”. Este número tem a participação de autores brasileiros e de outros países como Portugal, Espanha, México e Colômbia, a respeito dos efeitos da desigualdade e da pobreza sobre a qualidade de vida; dos direitos humanos e da justiça social em saúde; da carga de doenças segundo condições de vida e relações de gênero; e de mortes por enfermidades e agravos evitáveis. Os artigos tratam tanto de enfermidades transmissíveis, como não transmissíveis e agravos que estão articulados às iniquidades sociais.

Acesse aqui o site da Revista Ciência & Saúde Coletiva ou leia esta edição no site do SciELO

O editorial da edição foi escrito por Ilona Kickbusch do Graduate Institute of International and Development Studies (Genebra, Suíça) e dá um panorama mundial sobre a questão. Ilona é uma histórica militante pelos direitos em saúde e reconhecida no mundo inteiro por sua contribuição como consultora da OMS e de vários países sobre promoção da saúde e saúde global. Ela pontua que embora o crescimento econômico nos países emergentes tenha tirado milhões de pessoas da pobreza, dados do Banco Mundial mostram que ainda há cerca de 2,8 bilhões de pessoas – correspondendo a 40% da população mundial – que hoje sobrevivem com uma renda de 2 a 10 dólares por dia. Esse “segmento frágil” constitui, atualmente, o maior grupo de renda (ou sem renda?) do mundo. Por isso, é alvo das empresas produtoras de bens de consumo, abrangendo os alimentos processados, cigarros, bebidas alcoólicas e refrigerantes, representando um mercado com crescimento exponencial de produtos não saudáveis, capazes de mudar estilos de vida e contribuindo para um aumento das Doenças Não Transmissíveis (DNT).

Aproximadamente quatro em cada cinco mortes por DNT (cerca de 80%) hoje ocorrem em países de baixa renda, ou de renda média; a taxa de aumento, na infância, do sobrepeso e da obesidade tem sido superior a 30%, proporção essa maior que a de países desenvolvidos. Isso demanda uma ação política resoluta por parte dos governos, tanto internamente, como no plano internacional.

Esse conjunto de questões de saúde tão pertinentes à situação do Brasil, em resumo, tem origem na organização social, nos níveis de exploração do trabalho e nas dificuldades dos Estados em modificar os níveis de desigualdades. Mas também, tais questões dizem respeito à dinâmica da sociedade, corresponsável com os governos pela definição dos padrões de saúde da sua população.

Artigos temáticos

A estabilidade da desigualdade de renda no Brasil, 2006 a 2012: estimativa com dados do imposto de renda e de pesquisas domiciliares – Marcelo Medeiros; Pedro Herculano Guimarães Ferreira de Souza; Fábio Ávila de Castro

Sujeto, justicia social y salud pública – Fernando Peñaranda

Relationship between gender, income and education and self-perceived oral health among elderly Mexicans. An exploratory study – Rosa Diana Hernández-Palacios; Velia Ramírez-Amador; Edgar Carlos Jarillo-Soto; María Esther Irigoyen-Camacho; Víctor Manuel Mendoza-Núñez

Tendências dos fatores de risco de doenças crônicas não transmissíveis, segundo a posse de planos de saúde, Brasil, 2008 a 2013 – Deborah Carvalho Malta; Regina Tomie Ivata Bernal; Martha Oliveira

Óbitos registrados com causa básica hanseníase no Brasil: uso do relacionamento de bases de dados para melhoria da informação – Margarida Cristiana Napoleão Rocha; Raquel Barbosa de Lima; Antony Stevens; Maria Margarita Urdaneta Gutierrez; Leila Posenato Garcia

Carga Global das doenças diarreicas atribuíveis ao sistema de abastecimento de água e saneamento em Minas Gerais, Brasil, 2005 – Andreia Ferreira de Oliveira; Iuri da Costa Leite; Joaquin Gonçalves Valente

Atendimentos de emergência por causas externas e consumo de bebida alcoólica – Capitais e Distrito Federal, Brasil, 2011 – Márcio Dênis Medeiros Mascarenhas; Alice Cristina Medeiros das Neves; Rosane Aparecida Monteiro; Marta Maria Alves da Silva; Deborah Carvalho Malta

Uma revisão da produção científica brasileira sobre o crack – contribuições para a agenda política – Marcelo Rasga Moreira; Fernando Manuel Bessa Fernandes; José Mendes Ribeiro; Thereza de Lamare Franco Neto

Mortalidad evitable en los estados colindantes de la frontera México-Estados Unidos, 1999-2001 y 2009-2011 – Marcela Agudelo Botero; Raúl Sergio González Ramírez; Ana María López Jaramillo

Qualidade de vida de pessoas que vivem com HIV/AIDS assistidas no serviço especializado em Vitória (ES), Brasil – Gabriella Barreto Soares; Cléa Adas Saliba Garbin; Tânia Adas Saliba Rovida; Artênio José Ísper Garbin

Prevalência de autoexame bucal é maior entre idosos assistidos no Sistema Único de Saúde: inquérito domiciliar – Andréa Maria Eleutério de Barros Lima Martins; João Gabriel Silva Souza; Desireé Sant’Ana Haikal; Alfredo Maurício Batista de Paula; Efigênia Ferreira e Ferreira; Isabela Almeida Pordeus

Qualidade da atenção primária à saúde: uma análise segundo as internações evitáveis em um município de Minas Gerais, Brasil – Carolina Costa Valcanti Avelino; Sueli Leiko Takamatsu Goyatá; Denismar Alves Nogueira; Ludmila Barbosa Bandeira Rodrigues; Sarah Maria Souza Siqueira

Artigos de revisão

Limites e possibilidades do ensino à distância (EaD) na educação permanente em saúde: revisão integrativa – Adriane das Neves Silva; Ana Maria Gualberto dos Santos; Elaine Antunes Cortez; Benedito Carlos Cordeiro

A família como rede de apoio às pessoas que vivem com HIV/AIDS: uma revisão na literatura brasileira – Leonara Maria Souza da Silva; Jeane Saskya Campos Tavares

A dinâmica familiar no processo de luto: revisão sistemática da literatura – Mayra Delalibera; Joana Presa; Alexandra Coelho; António Barbosa; Maria Helena Pereira Franco

Construtores da saúde coletiva

Rodolfo dos Santos Mascarenhas: pioneiro da história da saúde – Luiz Antonio Teixeira

Artigos de temas livres

Completude das fichas de notificação de Tuberculose nos municípios prioritários da Bahia para controle da doença em indivíduos com HIV/AIDS – Monique Lírio; Normeide Pedreira dos Santos; Louran Andrade Reis Passos; Afrânio Kritski; Bernardo Galvão-Castro; Maria Fernanda Rios Grassi

Fatores relacionados ao desempenho de Centros de Especialidades Odontológicas – Flávia Christiane de Azevedo Machado; Janmille Valdevino Silva; Maria Ângela Fernandes Ferreira

Federalismo, complexo econômico-industrial da saúde e assistência farmacêutica de alto custo no Brasil – Elize Massard da Fonseca; Nilson do Rosario Costa

Série histórica da AIDS no Estado do Ceará, Brasil – Nathália Lima Pedrosa; Simone de Sousa Paiva; Rosa Lívia Freitas de Almeida; Eliane Rolim de Holanda; Ligia Regina Franco Sansigolo Kerr; Marli Teresinha Gimeniz Galvão

Avaliação do conhecimento em saúde bucal de agentes comunitários de saúde vinculados à Estratégia Saúde da Família – Giovana Renata Gouvêa; Marco Antônio Vieira Silva; Antônio Carlos Pereira; Fábio Luiz Mialhe; Karine Laura Cortellazzi; Luciane Miranda Guerra

Prevalence of physical activity through the practice of sports among adolescents from Portuguese speaking countries – Diego Giulliano Destro Christofaro; Rômulo Araújo Fernandes; Catarina Martins; Enio Ricardo Vaz Ronque; Manuel João Coelho-e-Silva; Analiza Mônica Silva; Luis Bettencourt Sardinha; Edilson Serpeloni Cyrino

Saúde e Trabalho na visão de trabalhadores da estiva do Porto Ferroviário, Rio Grande do Sul, Brasil – Valdecir Costa; Katia Reis Souza; Liliane Reis Teixeira; Charles Jopar Hedlund; Luiz Antonio Fernandes Filho; Letícia Silveira Cardoso

Desafios à coordenação na atenção primária à saúde da criança – Rosane Meire Munhak da Silva; Reinaldo Antônio da Silva Sobrinho; Eliane Tatsch Neves; Beatriz Rosana Gonçalves de Oliveira Toso; Cláudia Silveira Viera

Prevalence and risk factors associated with traumatic dental injury among 12-year-old schoolchildren in Montes Claros, MG, Brazil – Paula Cristina Pelli Paiva; Haroldo Neves de Paiva; Paulo Messias de Oliveira Filho; Maria Ilma de Souza Côrtes

Associação entre o uso de mamadeira e de chupeta e a ausência de amamentação no segundo semestre de vida – Renata Ribeiro Rigotti; Maria Inês Couto de Oliveira; Cristiano Siqueira Boccolini

Effectiveness of the Live Births Information System in the Far-Western Brazilian Amazon – Jamille Gregório Dombrowski; Ricardo Ataíde; Paola Marchesini; Rodrigo Medeiros de Souza; Cláudio Romero Farias Marinho

Perspectivas de graduandos em odontologia acerca das experiências na atenção básica para sua formação em saúde – Pedro Augusto Thiene Leme; Antônio Carlos Pereira; Marcelo de Castro Meneghim; Fábio Luiz Mialhe

Avaliação da gestão da Estratégia Saúde da Família por meio do instrumento Avaliação para Melhoria da Qualidade em municípios de Minas Gerais, Brasil – Andreza Viana Lopes Cardoso; Ana Paula Nascimento Chain;Rafael Inácio Pompeu Mendes; Efigênia Ferreira e Ferreira; Andréa Maria Duarte Vargas; Andréa Maria Eleutério de Barros Lima Martins; Raquel Conceição Ferreira

Prevalência e fatores associados ao Near Miss Materno: inquérito populacional em uma capital do Nordeste Brasileiro – Tatyana Maria Silva de Souza Rosendo; Angelo Giuseppe Roncalli

Resenhas

Policy analysis in Brazil Vaitsman J, Ribeiro JM, Lobato L. Resenhado por Eliana Maria Labra

Estigma e Saúde – Monteiro S, Villela W, organizadores. Resenhado por Pedro Paulo Gomes Pereira

Cartas

A detecção precoce do câncer de mama e a interpretação dos resultados de estudos de sobrevida – Arn Migowski

Comments

comments

2 comentários sobre “Estilo de vida e desigualdade em saúde – edição de abril da Revista Ciência & Saúde Coletiva

Deixe uma resposta