ASSISTA: Reinaldo Guimarães debate o programa Mais Médicos no Observatório da Imprensa


09 de setembro de 2013 – Por Bruno C. Dias


Transmitido ao vivo, o jornalístico Observatório da Imprensa discutiu o programa Mais Médicos 
na terça-feira, 03 de setembro. Nos estúdios da TV Brasil no Rio de Janeiro, o apresentador Alberto Dines recebeu o médico sanitarista Reinaldo Guimarães para comentar a cobertura realizada pela mídia e quais efeitos e possibilidades o projeto governamental traz para a saúde pública brasileira. 

De início, Guimarães lembrou que não é a primeira vez que profissionais cubanos vêm ao país desenvolver trabalhos em medicina da família, citando o intercâmbio firmado pelo município de Niterói, o primeiro do gênero, em 1991. "O que me parece estranho é que, na imprensa, o objetivo central do programa, que é colocar médicos aonde os médicos brasileiros não quiseram ir, se torna secundário frente, por exemplo, se o governo estava ou não estava negociando antes com Cuba". 

Guimarães frisou também que não se deve criminalizar toda uma categoria por atos isolados, como os ocorridos em Fortaleza, e que é necessária uma distinção entre as reivindicações da categoria médica – válidas e justas – e as diretrizes traçadas por um plano emergencial. "As representações corporativas tendem às pautas de seus representados, e o programa Mais Médicos não se destina a isso".  

Com uma hora de duração, o programa contou também com a participação da professora Ligia Bahia e dos jornalistas João Domingos e Leonardo Sakamoto.

ASSISTA NA PÁGINA DO OBSERVATÓRIO DA IMPRENSA O PROGRAMA COMPLETO

Comments

comments

Deixe uma resposta