Moção de apoio à greve da Universidade do Estado do Rio de Janeiro – Uerj


A Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco) manifesta, por meio desta nota, a sua solidariedade aos docentes, funcionários técnico-administrativos e estudantes da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), que encontra-se em greve desde o início de março.

Além da prolongada greve, a Uerj atravessa uma grave crise financeira cuja duração é ainda maior. Conforme já assumido pelo secretário Estadual de Ciência & Tecnologia, caso não estivesse em greve, a universidade não teria condições de funcionar devido a falta de condições básicas para o desempenho das atividades de trabalho e de estudo.

Os retrocessos imediatos que podem advir não se restringem às atividades acadêmicas, pois o colapso provocado pelos sucessivos cortes e contingenciamentos no orçamento da Uerj (assim como também se verifica na Saúde e na Educação) aprofundará a crise do estado do Rio de Janeiro, em vez de aliviá-la.

A comunidade científica e a sociedade fluminense não podem silenciar. Com o nosso apoio, a Uerj resistirá!

Rio de Janeiro, 17 de junho de 2016.
Associação Brasileira de Saúde Coletiva

Comments

comments

Um comentário sobre “Moção de apoio à greve da Universidade do Estado do Rio de Janeiro – Uerj

Deixe uma resposta