Mobilizações contra os agrotóxicos vão tomar o Brasil


Exibição de filmes, panelaço, aulas públicas e muita mobilização. A Campanha Permanente contra os Agrotóxicos e pela Vida junto com demais parceiros, como Via Campesina e Abrasco, vão promover na próxima quarta-feira, 03 de dezembro, uma série de manifestações em diversas cidades brasileiras no Dia Internacional de Lutas contra os agrotóxicos.

A data rememora o incidente ocorrido neste mesmo dia no ano de 1984 quando cerca de 40 toneladas dos gases tóxicos metil isocianato e hidrocianeto, químicos utilizado na elaboração de um praguicida da Corporación Union Carbide, vazaram e se dissipam pela cidade de Bophal, na Índia, uma região então densamente povoada. Nenhum dos seis sistemas de segurança não funcionaram. Cerca de 30 mil pessoas morreram devido ao acidente. Foram oito mil apenas nos três primeiros dias. Ainda hoje, estimativas indicam que 150 mil sofrem de doenças crônico-degenerativas causadas pela exposição aos gases letais.A Union Carbide, posteriormente adquirida pela Dow Química, ainda se nega a fornecer informações detalhadas sobre a natureza dos contaminantes, dificultando que o tratamento médico adequado seja dado aos indivíduos expostos. A região nunca foi descontaminada e até hoje representa um perigo à população. A Dow é hoje uma das seis gigantes do mercado de venenos e sementes transgênicas, e em 2012 faturou U$ 60 bilhões.

A Campanha Permanente contra os Agrotóxicos e pela Vida convoca os cidadãos brasileiros a se unir para exigirmos comida sem veneno. Para isso, é fundamental que o congresso defenda a saúde da população e a agricultura familiar, responsável pela produção de 70% dos alimentos que chegam à nossa mesa.

Além disso, exige-se o fim da pulverização aérea, prática utilizada pelo agronegócio, e a reforma política, de maneira a reduzir o peso dos interesses econômicos e viabilizar uma representação na Câmara e no Senado mais justa e menos distorcida.

Confira abaixo as mobilizações já confirmadas em 17 cidades. As cidades de Ouro Preto do Oeste (RO), Sinop (MT), Goiás Velho e Rio Verde (GO), Rio Branco (AC), Augustinópolis e Palmas (TO), Uberlândia (MG), Arapongas, Cascavel, Irati, Lapa, Laranjeiras do Sul e Londrina (todas no Paraná) também terão manifestações. Acompanhe novas atividades pelo facebook da Campanha Permanente contra os Agrotóxicos e acesse o Dossiê Abrasco.

Atividades já confirmadas:

Em Belém (PA)
9h – Sessões de cine-debate no Auditório do MAFDS, Núcleo de Ciências Agrárias da UFPA
16h – Sessões de cine-debate no Auditório da FANUT, Faculdade de Nutrição da UFPA
16h – Sessões de cine-debate no Auditório do Bloco F, Faculdade de Nutrição da UNAMA
Outras infos: https://www.facebook.com/events/661750180611895/

Em São Paulo (SP)
11h – Ações informativas para a população alertando para os perigos dos agrotóxicos na Praça do Patriarca, centro

No Rio de Janeiro (RJ)
De 15h às 21h – Exposição de Fotos e Outras Intervenções
18h – Aula Pública com representantes da Fiocruz, da Campanha e agricultores
19h30 – Exibição do Filme “Agricultura da Morte” e dos Curtas Agroecologia

Em Porto Alegre (RS)
A partir das 17h30 – Panelaço e outras atividades públicas na Esquina Democrática (Avenida Borges de Medeiros com Rua dos Andradas), no centro
Outras infos: www.facebook.com/events/755261654527794/?ref=2&ref_dashboard_filter=upcoming

Em Brasília (DF)
A partir das 8 h – Manifestação conjunta Companha contra agrotóxicos e Via Campesina em frente à CTNBio

Em Cuiabá (MT)
16h- Ato com panfletagem e mobilização em frente ao shopping Pantanal
Outras infos: www.facebook.com/events/716732881745670/?notif_t=plan_user_invited

Em Curitiba (PR)
A partir das 12h – Atividades públicas, panfletagem e mobilização na Boca Maldita, no centro

Em Campinas (SP)
17h30 – Exibição do documentário O Veneno está na mesa 2, com debate com os professores Herling Alonzo, da Faculdade de Ciências Médicas (FCM), e Enrique Ortega, da Faculdade de Engenharia de Alimentos/Laboratório de Engenharia Ecológica e Informática Aplicada (LEIA)
Outras infos: http://www.preac.unicamp.br/casadolago/?p=3585

Em Macaé (RJ)
De 16h às 19h – Mesa Redonda: Ambiente e Política, com os professores Arthur Soffiati, Cleonice Puggiam (UERJ/UNIGRANRIO) e Maria Inês Paes Ferreira (IFF-Macaé – Sec. Meio Ambiente – Macaé) – Dentro do II Fórum em Humanidade do NUPEM/UFRJ –
Outras infos: http://forumhumanidades.wix.com/iiforum2014

Em Belo Horizonte (BH)
De 8h às 17h – Panfletagem e exibição de filmes, na Praça Sete, no centro

Em Vitória (ES)
10 h – Panfletagem e panelaço no Restaurante Universtário da UFES. Após exibição do documentário O Veneno está na mesa II

Em São Carlos (SP)
De 11h30 àss 13h30 – exibição do documentário O Veneno Está na Mesa 2 no Restaurante Universtário da UFSCar
Mais infos: www.facebook.com/events/382608931910157/

Em Inconfidentes (MG)
De 8h às 16h – Atividades na praça Tiradentes
17h – Palestra no Auditório da Escola-Fazenda
20h30 – CineUai: Agricultura Tamanho Família

Em Joinvile (SC)
19h15 – Exibição do documentário O veneno está na mesa 2 no Centro de Direitos Humanos (CDH Joinville)

No Recife (PE)
9h – Atividades públicas, panfletagem e mobilização no Mercado São José

Em Juiz de Fora (MG)
17h – Aula Pública no Parque Halfeld
18h30h – Exibição do documentário O veneno está na mesa 2 no Auditório João Carriço

Em Goiania (GO)
De 9h às 12h – Lançamento do Fórum Estadual de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos de Goiás – Sala T15 Edifício do MPT-GO
17h – Feira de Orgânicos, Palestra sobre agroecologia e lançamento do filme o Veneno está na mesa 2 no Mercado da Vila Nova

Comments

comments

Deixe uma resposta