APSP e Faculdade de Saúde Pública da USP realizam evento sobre 50 anos da Ditadura


Um passado ainda mal resolvido na história política e social brasileira é tema de um importante evento a ser realizado nas próximas segunda e terça-feiras na Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (FSP/USP). Organizado pela Associação Paulista de Saúde Pública e pelo Centro Acadêmico Emílio Ribas (CAER), o ciclo “31 de março ou 1º de abril? Um golpe do Estado contra o povo” discutirá os efeitos do golpe civil-militar em nossa sociedade. Na segunda, o debate destacará o trabalho de revisão da história realizado pelas Comissões da Verdade ligadas às instituições da saúde, como a Comissão da Verdade da Reforma Sanitária, organizada pela Abrasco e Cebes, e aos parlamentos paulista e paulistano. Na terça, Elsa Berquó, professora titular aposentada da FSP/USP, falará dos acontecidos daqueles dias na mesa “O que você estava fazendo em 1º de abril de 1964”. Confira a programação.

31 de março ou 1º de abril? Um golpe do Estado contra o povo

Auditório João Yunes – Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo – FSP/USP
Endereço: Av. Dr. Arnaldo 715 – Cerqueira Cesar, SãoPaulo, SP
Inscrições: gratuitas e feitas no local

Programação:

31 de março – às 19 horas

O Direito à memória, à verdade e à justiça
Mesa de abertura com o Prof. Dr. Victor Wünsch Filho, diretor da FSP/USP; profª Marília Louvison, presidente da APSP e representante do CAER

Projeção de entrevista com Rose Cardoso, da Comissão Nacional da Verdade
Mesa com representantes das Comissões da Verdade: profª Ana Maria Tambellini (CVRS/Abrasco-Cebes); prof. Carlos Botazzo (CV-APSP); deputado estadual Adriano Diogo (CV Rubens Paiva/Alesp) e vereador Gilberto Natalini (CV Câmara Municipal de São Paulo)

1º de abril – às 18h30

O que você estava fazendo em 1º de abril de 1964?
Com Elsa Salvatori Berquó, profª aposentada FSP/USP
Mediação: prof. Chester Luiz Cesar

Comments

comments

Deixe uma resposta