WPFHA e Comissão UCL-Lancet realizam webinar sobre saúde dos migrantes

Com um bilhão de pessoas em movimento ou tendo se mudado em 2018, a migração se tornou uma questão social e política complexa. Em 10 de dezembro de 2018, mais de 160 países adotaram o Pacto Global para uma Migração Segura, Ordenada e Regular. É o primeiro acordo global da ONU com uma abordagem comum à migração internacional em todas as suas dimensões.

Com sua implementação no centro das atenções, a Comissão da UCL-Lancet sobre Migração e Saúde – responsável  pelo relatório publicado em dezembro de 2018 – quer fornecer evidências científicas para cooperação e ação imediatas. Para isso, juntamente com o Grupo de Trabalho em Saúde em Emergências e Desastres da Federação Internacional das Associações em Saúde Pública (WFPHA), está organizando o Seminário Virtual (webinar) Migrantes, refugiados e saúde, que acontecerá em 25 de março, das 11 às 13 horas, horário de Brasília. 

Os objetivos do evento virtual são aprofundar o debate sobre o Pacto Global para as Migrações na comunidade da saúde pública, destacando as ligações entre migração e desenvolvimento e as questões da saúde de migrantes e refugiados; e avaliar os principais desafios para implementação do Pacto Global. Debater o papel que as organizações internacionais e profissionais, como as associações de Saúde Pública, podem desempenhar globalmente e facilitar o diálogo entre líderes e grupos de pesquisa para estabelecer uma agenda de pesquisa para garantir melhorias na saúde de migrantes e refugiados completam as metas da ação.

A atividade reunirá Jacqueline Weekers, diretora da divisão de Saúde da Organização Internacional das Migrações (IOM); Alejandro Gil Salmerón, pesquisador da Universidad de Valencia; Glenn Laverck, professor de Promoção da Saúde da Beckett University, em Leeds, no Reino Unido; Catherine Machalaba, pesquisadora e assessora de políticas de saúde da EcoHealth Alliance, e demais membros da Comissão da UCL-Lancet sobre Migração e Saúde.  A moderação será de Chadia Wannous, líder do Grupo de Trabalho em Saúde em Emergências e Desastres da Federação Internacional das Associações em Saúde Pública (WFPHA).

O evento é gratuito, bastando clicar para efetuar registro e receber orientações de acesso à área virtual.

Comments

comments

Deixe uma resposta