Rosa Souza assume Rede de Escolas e Centros Formadores em Saúde Pública


Em meio a lágrimas emocionadas, Tânia Celeste Nunes entregou a Coordenação da Secretaria Executiva da Rede de Escolas e Centros Formadores em Saúde Pública nas mãos de Rosa Souza, na quarta-feira, dia 21, durante o 10º Encontro Nacional da Rede de Escolas e Centros Formadores em Saúde Pública, na Fiocruz-RJ. “No encontro de hoje estamos fechando um ciclo e abrindo mais uma etapa, com a primeira mudança de comando da Secretaria Executiva da Rede”, disse Tânia. Criada a partir de uma pesquisa realizada em 2007-2008, a Rede se estruturou em um processo de sucessivas criações e recriações, resultando no modelo dinâmico existente hoje, com potencial de contribuição às políticas de educação para a saúde no SUS. “Minha mensagem tem o tom de celebração, pelo caminho percorrido, e pelo que foi construído de adesão das escolas – passamos de 19 em 2007 para 45 hoje. Mas os números talvez não sejam o que tem mais significado no processo de construção dessa rede”, ressalta Tânia.

A ex-coordenadora enfatizou que a dinâmica da Rede se estabeleceu com os colegiados, que aos poucos, foram assimilando os seus papéis, foi associada ao rico processo de formação de professores, dirigentes, trabalhadores das escolas e conselheiros. “Ao mesmo tempo formando e reconfigurando práticas e formas de ‘fazer escola’ dando um sentido novo e peculiar ao cuidado com a oferta educativa do ensino lato sensu para o SUS”, afirmou Tânia. A Secretaria Executiva da Rede foi âncora fundamental para os vínculos entre as escolas, expressando-se para uma fase atual de múltiplas possibilidades de arranjos, com as incorporações tecnológicas, a renovação permanente de equipes e a consolidação de processo, cujos rumos, como explica Tânia, foram sendo traçados com parceiros importantes.

“Rosa, boa sorte, bons caminhos, bons frutos”, essa foi a frase que fechou o discurso de Tânia Celeste, que deu a vez a Rosa Souza, que agradeceu inicialmente a todos que contribuíram direta e indiretamente para aquele momento que julgou especial. “Agradeço a Tânia pelo convite para que eu pudesse me incorporar às atividades da Rede e, principalmente, a confiança depositada em mim para tocar a Secretaria Executiva durante a sua ausência em viagem de estudos em Coimbra, assim como pela generosidade e cooperação que demonstrou durante esta transição”, disse Rosa. A nova coordenadora ressaltou que assumia naquele instante uma missão que será compartilhada por uma Rede madura, com escolas e centros formadores. “O Encontro Nacional que se encerra aqui, produziu um rico debate em conjunto e recomendações oriundas dos trabalhos que nos coloca uma pauta vigorosa, instigante e desafiadora”, pontuou.

Para fechar suas considerações, Rosa recitou o poema de Fernando Pessoa:

“Agir, eis a inteligência verdadeira. Serei o que quiser. Mas tenho que querer o que for. O êxito está em ter êxito, e não em ter condições de êxito. Condições de palácio tem qualquer terra larga, mas onde estará o palácio se não fizeram ali”.

Comments

comments

Deixe uma resposta