Retrospectiva 2015 – publicações Abrasco


2015 consolidou as revistas da Abrasco como espaços científicos para discussões, debates, apresentação de pesquisas, exposição de novas idéias e de controvérsias sobre a Saúde Coletiva. Revista Ciência & Saúde Coletiva, Revista Brasileira de Epidemiologia e Ensaios & Diálogos em Saúde Coletiva formam agora o trio de publicações com periodicidade regular da Associação Brasileira de Saúde Coletiva.

Ciência & Saúde Coletiva

Este ano, a Abrasco comemorou os 20 anos da revista Ciência & Saúde Coletiva. Durante o 11º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva (veja aqui a matéria), Luis Eugenio de Souza, presidente da Abrasco, lembrou que “ao longo desses anos, acompanhamos o sucesso e o fortalecimento da revista da Abrasco, e estamos aqui para essa homenagem e para desejar muitas outras alegrias, sempre garantindo este espaço de qualidade para as pesquisas e textos do campo, e para irmos além, na ideia de fazer da Ciência & Saúde Coletiva um mega journal da nossa área”, afirmou Luis Eugenio. Emocionada, Cecilia Minayo agradeceu as palavras e iniciou as homenagens à equipe que juntamente com ela e com Romeu Gomes, também editor, oferecem à Ciência brasileira e internacional uma das publicações de maior referência da grande área da Saúde. “Temos um grupo que tem formação acadêmica, o que garante a qualidade de nossa publicação, mas não é só. Todos que trabalham foram contagiados por essa energia de amor e carinho que é produzir a Revista, da qual me orgulho muito. Para mim, é um momento de reconhecimento que nenhum dinheiro do mundo paga, pois dinheiro a gente não tem mesmo, né pessoal. Só tenho a agradecer a todos vocês por essa alegria que move minha vida”, encerrando suas palavras seguida por uma calorosa salva de palmas.

Acesse aqui o site oficial da revista Ciência & Saúde Coletiva

RBE

Demanda internacional definiu novos rumos da Revista Brasileira de Epidemiologia – RBE em 2015, a divisão temática e reformulação do corpo de editores foram as novidades que marcaram o início das celebrações de 18 anos do periódico da Abrasco. Após um período inicial de grandes dificuldades, a RBE conseguiu não apenas manter sua regularidade, como conseguiu ao longo do tempo aumentar a visibilidade da produção científica por ela disseminada. O fator de impacto da RBE ocupa o 3º posto na coleção SciELO Saúde Pública e está entre os 20 periódicos com maior fator de impacto da coleção SciELO Brasil do Google Scholar. A RBE vem apresentando citações crescentes no portal SCOPUS. Saiba mais sobre estas novidades na RBE na matéria de Bruno Dias, acesse aqui.

Esse caminho trilhado pela RBE só foi possível com a colaboração dos pesquisadores da área de Epidemiologia que contribuíram no seu processo editorial. Para que a RBE continue trilhando este caminho, decidimos promover uma mudança em seu processo editorial. Com base na demanda de manuscritos, estamos criando editorias específicas por área temática em substituição a editorias ad hoc. Esta mudança tem como objetivo melhorar e agilizar o processo editorial da tramitação dos manuscritos, que redundará no recebimento de manuscritos de melhor qualidade. Com o objetivo de aprimorar e agilizar o processo editorial, estamos criando um grupo de assessores que teria por função apoiar a RBE e sugerir mudanças editoriais visando seu aprimoramento. Ao lado da mudança do corpo editorial, pretendemos migrar ainda este ano do Sistema Submission SciELO para o sistema ScholarOne. Essas mudanças visam adequar a RBE às novas exigências do portal SciELO.

Ensaios & Diálogos em Saúde Coletiva

A Abrasco fechou 2015 com uma nova publicação: ‘Ensaios & Diálogos em Saúde Coletiva’ chegou no dia 2 de dezembro, anunciando: Faz-se necessário, como nunca, a liberdade de investigação, pois vivemos uma época de crise, imersos em dúvida, na desconfiança quanto a nossos representantes e observando uma concentração inaudita de riqueza e de poder. Os velhos modos de existir, os nossos discursos e mesmo as nossas instituições reformadas recentemente não conseguem assegurar a redução das imensas desigualdades e nem dão conta da promessa de um futuro de democracia e de convivência pacífica. Para refundar a sociabilidade, não há outra saída fora do engajamento reflexivo. Com esta nova publicação, a Abrasco pretende oferecer, com modéstia, um espaço para reflexões sobre incertezas e colaborar para a reconstrução de modos de conviver solidários, para a reinvenção da democracia e para repensar o papel da Saúde Coletiva no contexto atual.

Acesse aqui o primeiro número da Ensaios & Diálogos em Saúde Coletiva

Ensaios & Diálogos em Saúde Coletiva é um espaço a ser ocupado por pesquisadores, por profissionais de saúde e por todas as pessoas preocupadas com a saúde, com a ciência, com a formação, com o bem-estar, com a justiça social e com a felicidade. Neste primeiro número, as contribuições da Abrasco para a 15ª Conferência Nacional de Saúde, com participação de Luis Eugenio Souza; Tatiana Vargas; Maurício Barreto; Marcelo Firpo; Jandira Maciel; Letícia Coelho; Fernando Carneiro; Nelsão Santos; José Sestelo; Cesar Victora; Jairnilson Paim, Márcio Pochmann, Pedro Célio Borges; André Dantas; Inês Rugani; Maria Lúcia Werneck; Luiza Garnelo; Paulo Capel Narvai; Luis Castiel e Marco Akerman. Entrevistas com Guilherme Werneck e Arthur Chioro. Ilustrações de Caco Xavier. Participação da ONG mexicana El Poder del Consumidor.

Relembre as edições 2015 da revista Ciência & Saúde Coletiva:

v.20 n. 10 – Gestão, trabalho e cuidados em saúde
v.20 n. 9 – Ética nas pesquisas em Ciências Humanas e Sociais em saúde: identificando especificidades
v.20 n. 8 – Qualidade da produção e do consumo de alimentos: um dos maiores desafios da saúde pública contemporânea
v.20 n. 7 – Importância das Revistas de Saúde Pública/Saúde Coletiva para o SUS e para a Ciência Brasileira
v.20 n. 6 – Ideações e tentativas de suicídio em idosos no Brasil
v.20 n. 5 – Implicações da família e da comunidade na qualidade da saúde individual e coletiva
v.20 n. 4 – Estilo de Vida e desigualdade em saúde
v.20 n. 3 – Vigilância de doenças crônicas e violências: o desafio contemporâneo
v.20 n. 2 – Rede de cuidados em saúde mental
v.20 n. 1 – Riscos sociais e proteção à saúde dos adolescentes

Relembre as edições de 2015 da RBE:

Rev. bras. epidemiol. vol.18 no.1 São Paulo jan./mar. 2015

Rev. bras. epidemiol. vol.18 no.2 São Paulo abr./jun. 2015

Rev. bras. epidemiol. vol.18 no.3 São Paulo jul./set. 2015

Rev. bras. epidemiol. vol.18 supl.1 São Paulo set. 2015

Comments

comments

Deixe uma resposta