Portais e blogues repercutem nota Abrasco/Cebes


A valorização do SUS – Sistema Único de Saúde, construção histórica do povo brasileiro, como resposta, e não como moeda de troca, diante de um cenário de incertezas econômicas e disputa política com as forças conservadoras, privatizantes e atrasadas da sociedade brasileira é a tônica da nota pública Dilma, preserve os interesses públicos na saúde! Saúde é Politica de Estado, publicada pela Abrasco e pelo Cebes na sexta-feira, 25 de setembro, em resposta a possibilidade de a presidente Dilma Rousseff utilizar o Ministério da Saúde como instrumento de barganha em troca do apoio da base parlamentar do PMDB.

Mais do que defender um ou outro dirigente, a nota quis frisar que a vida de brasileiras e brasileiros e o atendimento universal e integral de cerca de 70% da população não podem estar em risco dos interesses palacianos e clericais da política brasileira e que, somente com o entendimento de que a saúde está à serviço dos interesses sociais, e não econômicos, podemos vislumbrar um país soberano e que coloque a integridade da nação em primeiro lugar.

Em eco, diversas entidades, setores dos movimentos sociais e populares redigiram cartas no mesmo sentido, sendo repercutidas em diversos veículos. O Portal Carta Maior e o blog Combate Racismo Ambiental  publicaram na íntegra a nota Abrasco/Cebes. O serviço brasileiro do jornal El País também cita a carta das duas entidades do movimento sanitário. Convidamos a todos que compartilhem a Nota com a hashtag #saudepoliticadeestado.

Confira nos links abaixo.

– Todos na luta pela Saúde Pública

– Cebes e Abrasco: Todos na luta pela Saúde Pública

– Ministério da Saúde: a tóxica moeda de troca política do Governo

Comments

comments

Deixe uma resposta