‘PEC 241 prejudica saúde dos pobres e da classe média’ diz Gastão Wagner


Em entrevista para a jornalista Elenice Santos da TV dos Bancários de São Paulo, o presidente da Abrasco, o médico sanitarista Gastão Wagner, disse que o corte de investimentos previsto na PEC 241 enfraquece o sistema público de saúde e deixa vulnerável não só 70% dos brasileiros que não têm plano de saúde, mas toda a população, que muitas vezes sem nem se dar conta utiliza o SUS, por meio de serviço de vigilância sanitária, de prevenção a doenças, bem como de investimento em pesquisa que poderão ser interrompidas. Para ele, só ganharia com a aprovação desta PEC, o capital financeiro.

ASSISTA AQUI AO VÍDEO NA ÍNTEGRA.

Comments

comments

Um comentário sobre “‘PEC 241 prejudica saúde dos pobres e da classe média’ diz Gastão Wagner

Deixe uma resposta