OPAS/OMS Brasil visita Abrasco


A Abrasco recebeu, dia 4 de abril, a visita de Gerardo Alfaro Cantón e Mariana Tavares Rezende, ambos da Unidade Técnica de Sistemas e Serviços de Saúde OPAS/OMS. Em pauta, as parcerias da Associação com a Organização Pan-Americana da Saúde no Brasil. Sobre o trabalho da Abrasco, Gerardo pontuou que são conhecidas na OPAS as contribuições abrasquianas no desenvolvimento da Saúde Coletiva, assim como nos processos de capacitação dos recursos humanos em Saúde. “Para nós a Abrasco é um sócio estratégico para o desenvolvimento de redes – tanto em atenção primária quanto em saúde coletiva em suas diferentes dimensões. Em síntese, a Abrasco é para nós um grande aliado dentro e fora do país”, comenta Cantón.

A visita formalizou uma iniciativa da Abrasco para a cooperação técnica onde a Associação fortaleceria uma Rede de Pesquisa em Atenção Primária. Sobre este projeto, Gerardo afirmou a importante função da Abrasco em compartilhar produções técnicas – “Esta parceria tem uma efeito sinérgico para a OPAS, pois agrega grupos antes fragmentados. Não é um trabalho fácil, mas a Abrasco tem o prestígio e a solidez ética reconhecida para que todos seus parceiros se sintam bem representados pela Associação” pontuou Gerardo.

35 anos de Abrasco

Sobre os 35 anos de atuação da Associação Brasileira de Saúde Coletiva, Gerardo comentou que cada um destes anos chegou trazendo novos desafios. “Acredito que o segredo está em inovar com eficiência sem esquecer a experiência de mais de 3 décadas – que venham mais 35 mil anos para a Abrasco!” ressaltou Gerardo.

Para o secretário executivo da Abrasco, Carlos Silva, receber a comissão da OPAS reforça o compromisso mútuo – “Como anfitriões, tivemos o prazer de receber em nossa sede, esta comissão da OPAS. Para repensar conosco os acertos que sempre são necessários, para uma melhor definição dos projetos de parceria, neste caso, a retomada de apoio dessas instituições ao fortalecimento da Rede APS. Esperamos ter outras ricas oportunidades como esta de tê-los em nossa sede”, registra Carlos.

A Organização Pan-Americana da Saúde é um organismo internacional especializado em saúde. Sua missão é orientar os esforços estratégicos de colaboração entre os Estados membros e outros parceiros, no sentido de promover a eqüidade na saúde, combater doenças, melhorar a qualidade de vida e elevar a expectativa de vida dos povos das Américas. O atual Representante da OPAS/OMS no Brasil é o Dr. Joaquín Molina.

A Rede de Pesquisa em Atenção Primária à Saúde (APS), desenvolvido  pela Abrasco, tem o objetivo de proporcionar a comunicação e articulação entre pesquisadores, profissionais, usuários e gestores da APS. Busca também promover a melhoria da utilização dos resultados em pesquisa para qualificar a gestão e potencializar o conhecimento. 

Comments

comments

Deixe uma resposta