Medicina Preventiva da FMUSP divulga nota de pesar sobre falecimento de Eleutério Rodriguez


O Departamento de Medicina Preventiva da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (DMP/FMUSP) soma-se à comunidade científica e da Saúde e divulga nota de pesar sobre o falecimento do professor Eleutério Rodriguez Neto, ocorrida no último dia 23.

A nota, redigida pelo prof. Moisés Goldbaum, destaca as lutas vivenciadas por Rodriguez, que enfrentou censuras por sua postura combativa e em prol da Saúde Coletiva e dos direitos do povo brasileiro. 

Eleutério Rodriguez Neto (1946-2013), médico sanitarista dedicou sua vida integralmente à causa da saúde no Brasil. Ao lado de eminentes batalhadores, entre os quais Sérgio Arouca, desde sua graduação em Medicina na UNB e na Residência no Departamento de Medicina Preventiva da FMUSP engajou-se intensamente na Reforma Sanitária Brasileira que resultou no Sistema Único de Saúde, uma das maiores conquistas inclusivas da sociedade brasileira.

Auxiliou a constituição do Cebes e da Abrasco, entidades nas quais desempenhou importante papel nas lutas por elas travadas. Ocupou cargos na esfera federal, destacando-se o de Secretário Geral do Ministério da Saúde, ocasião que teve destacada influência na realização da VIII Conferência Nacional de Saúde. Vítima que foi da ditadura militar ao lhe impedir que assumisse cargo de docente na USP, não se deixou abalar, pelo contrário, encontrou estímulos para a luta pela democratização do país e elaborar planos de justiça social. Infelizmente, vítima também que foi da vida, precocemente desenvolveu grave doença, que nos privou de sua competência, sabedoria, honestidade e compromisso social. Professor da Universidade de Brasília, leva no seu histórico a militância pela democracia no país, o trabalho pela Saúde Coletiva e a saudade da família e dos muitos amigos que deixou no Departamento.

 

Comments

comments

Deixe uma resposta