Associações de Saúde Pública do continente americano lançam aliança


Ampliar a troca de experiências entre os países da América do Sul, Central e do Norte; tanto nas políticas públicas, modelos de atenção e conhecimento científico com o objetivo de se traçar uma agenda em comum para o continente. Para isso, a Federação Mundial das Associações de Saúde Pública (WFPHA), junto com a Sociedade Cubana de Saúde Pública (SOCUSAP), a Abrasco e a Associação Americana de Saúde Pública (APHA, entidade dos Estados Unidos da América), com o apoio da Organização Panamericana de Saúde (OPAS/OMS) e em diálogo com as demais associações nacionais, irão fundar a Aliança das Associações de Saúde Pública das Américas (AASPRA). O evento está marcado para os dias 21 e 22 de abril, nas prévias da Convenção Internacional da Saúde -Cuba Salud, que se estende até o dia 24.

Representante da Abrasco na WFPHA, Luiz Augusto Facchini, professor do Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), destaca a importancia dessa aliança no atual momento da saúde global. “É o esforço de se criar uma rede centrada na equidade, de modo que os sistemas de saúde e as sociedades das nações americanas sejam capazes de garantir respostas conforme as necessidades da população, sem discriminação de renda, raça, ideologia, religião, idade, sexo ou opções sexual”.

A diversidade das políticas de saúde e dos modelos de atenção e de seguridade dos países são, para Facchini, o principal motor dos debates, percebendo nas diferentes experiências nacionais os pontos de unidade e de ação conjunta. “Independente das diferenças entre os países e os sistemas de saúde da região, os conceitos e diretrizes de saúde pública apoiados pelas entidades visam a implementação de políticas capazes de beneficiar a todos os cidadãos, não apenas aqueles incluídos em, algum esquema de proteção social ou económica”, completa o professor.

O evento é aberto a pesquisadores e profissionais do setor. Os valores são de 150 dólares para a reunião e de 250 dólares para a reunião mais inscrição no Cuba Salud. Os pagamentos devem ser feitos no Palácio de Convenções, em Havana. Outras informações devem ser solicitadas pelo e-mail migdalia@palco.cu.

Comments

comments

Deixe uma resposta