Abrasquianos discutem malefícios do agrotóxicos no Mato Grosso do Sul


Com uma estimativa de ingestão per capita de até 40 litros de agrotóxicos por ano, quase seis vezes a mais do que a média nacional, os sul-mato-grossenses são a população estadual das mais expostas aos agrotóxicos. Para debater os efeitos dos venenos na saúde e buscar modificar as formas de produção agrícola, a Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul organiza hoje, a partir das 13h, o seminário Os impactos dos Agrotóxicos na Sociedade: Saúde, Trabalho e Meio Ambiente.

Pela Abrasco, participaram os pesquisadores Wanderley Pignati, da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT); e Luiz Claudio Meirelles, da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz), ambos do Grupo Temático Saúde do Trabalhador da Abrasco. Ambos também são autores do Dossiê Abrasco: Um Alerta sobre os Impactos dos Agrotóxicos na Saúde. O evento terá ainda pesquisadores de outras instituições, como o Instituto Nacional do Câncer (INCA) e . A atividade compõe também o calendário de mobilização da Campanha Permanente contra os Agrotóxicos e Pela Vida.

Confira abaixo a programação:

Os impactos dos Agrotóxicos na Sociedade: Saúde, Trabalho e Meio Ambiente
Data: 17 de agosto de 2015
Horário: Das 13h às 17h
Local: Assembleia Legislativa do Mato Grosso do Sul
Endereço: Rua Desembargador Leão Neto do Carmo, s/n – Jardim Veraneio, Campo Grande – MS – Telefone: (67) 3389-6200

13h – Inscrição
13h30 – Abertura

MESA I – Diagnósticos e impactos dos agrotóxicos no trabalho, saúde e ambiente

13h45 – Professor Dr°Wanderley A. Pignati – UFMT
Tema: Uma agricultura saudável é possível: a importância da campanha permanente no combate ao uso de agrotóxicos:

14h10 -Pesquisador Luiz Claudio Meirelles – FIOCRUZ
Tema: O submundo dos agrotóxicos: consequências do poder econômico das empresas nacionais e multinacionais no lobby na liberação de agrotóxicos

14H35 – Dr° Professor Luiz Felipe Ribeiro Pinto – INCA(Instituto Nacional do Câncer)
Tema: Agrotóxicos e suas consequências na estrutura celular: sentença morte das populações expostas.

MESA II – Garantias de consolidação de sistemas produtivos viáveis e seguros
14H55 – Professora DrªMárcia Rizzo – UFMS

15H10 – Professor Dr° Dario Pires – UFMS
Tema:Contribuições da Química nas análises dos impactos no trabalho, saúde e ambiente.

15H25 – Professor Dr°Denilson de Oliveira Guilherme – UCDB
Tema:Biotecnologia como Alternativa ao uso de Agrotóxicos

15h45 – Biologo Olácio Komori – Presidente da Associação dos Produtores Orgânicos de MS – APOMS

Tema: Viabilidade da Agro Ecologia na Produção de Alimentos

16h05 – Marco Antonio Delfino de Almeida – Procurador do Ministério Público Federal
Tema: Legislação sobre o uso de agrotóxicos

16h25 – Encerramento e considerações finais
Leitura do documento produzido

Comments

comments

Deixe uma resposta