Abrasco participa de comitiva de mulheres em encontro com presidente Dilma


No último dia 21, uma delegação de mulheres representantes de diversas instituições da sociedade civil reuniram-se no Palácio do Planalto com a presidente da República, Dilma Roussef, para apresentar a agenda política das mulheres brasileiras. Entre as presentes, estava Estela Aquino, professora do Instituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal da Bahia (ISC/UFBA), representante da Abrasco no Conselho Nacional dos Direitos da Mulher (CNDM) e membro do Grupo Temático Saúde e Gênero (GT GS).

Entre os pontos tratados, foram discutidos a representação política das mulheres, o acesso à educação e à educação infantil em horário integral, a igualdade salarial entre homens e mulheres, a ampliação da seguridade para mulheres do campo, o combate ao racismo e o enfrentamento da violência. “Sobre os temas da saúde, foram abordados a defesa do SUS e da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher (PNAISM). Foi especialmente enfatizado o avanço do conservadorismo em nossa sociedade. Segundo a presidenta, as conquistas só são preservadas se avançarmos”.

Nova composição do CNDM: O encontro faz parte da abertura do processo de eleição do CNDM para o período de 2014 a 2017. “Considero um sinal de prestígio da Abrasco ter sido convidada a integrar esta comitiva, especialmente diante da nossa posição de independência no debate de ideias do CNDM”, destaca Estela, que está em seu segundo mandato consecutivo no Conselho. O prazo para Inscrição de candidaturas está aberto até 14 de abril. Participam do processo de escolha das entidades com cadeira no atual mandato e demais entidades habilitadas pela Comissão de Validação. O Conselho Nacional dos Direitos da Mulher é composto por 14 entidades na categoria redes e articulações feministas e de defesa dos direitos das mulheres e 7 entidades na categoria de organizações de caráter sindical, associativo, profissional ou de classe. Outras informações podem ser acessadas na seção do CNDM dentro da página da Secretária de Políticas para as Mulheres.

Comments

comments

Deixe uma resposta