Abrasco e Curitiba preparam a 22ª Conferência Mundial de Promoção da Saúde, da IUPES


Para dar andamento à construção da 22ª Conferência, a Secretaria Executiva da Abrasco foi recebida em Curitiba pela Comissão Local – um grupo que já conta com a parceria da Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Municipal de Comunicação Social e ainda o Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc). Durante os dois dias, o grupo visitou o centro de convenções que receberá o evento e iniciou os preparativos para a hospedagem, divulgação, transporte e logística dos participantes. O site da Conferência já está no ar – Acesse: http://iuhpeconference2016.com – O prazo de submissão de trabalhos encerra-se em 21 de setembro de 2015.

Para a professora Simone Tetu Moyses (Pontifícia Universidade Católica do Paraná ) ‘A 22ª Conferência será uma oportunidade única para avaliar o progresso, compartilhar estratégias e resultados de pesquisa, e refletir sobre práticas e políticas inovadoras que promovam a saúde e a equidade, em todos os níveis de governança’. Simone foi a responsável pela produção da visita de Carlos Silva (secretário executivo da Abrasco), Thiago Barreto (secretário-adjunto da Abrasco) e Silvia Lemgruber (empresa organizadora); com os integrantes da comissão local: Claudia Schneck, Max Luiz e Solena Kusma.

A capital paranaense sediará ano que vem a 22ª Conferência Mundial de Promoção da Saúde, promovida pela União Internacional de Promoção de Saúde e Educação em Saúde (Iuhpe). Curitiba foi selecionada em uma disputa com Durban, na África do Sul, e Taiwan, na China – será a primeira vez que a conferência será realizada em uma cidade latino-americana. A Conferência Mundial de Promoção da Saúde é realizada a cada quatro anos e a última edição aconteceu em Pattaya, na Tailândia. ‘Promovendo Saúde e Equidade’ é o tema da edição brasileira, e 5 subtemas vão completar o debate: Imperativos éticos e culturais em intervenções que promovam saúde e equidade; Mudanças urbanas fazendo diferença localmente, considerando vozes emergentes; Saúde em todas as políticas e ações intersetoriais: inovações na teoria, avaliação e pesquisa; Caminhos para alcançar o desenvolvimento humano sustentável e saudável em escala global; Criando questões de pesquisa compartilhados para aproximar a investigação da prática.

A Comissão Científica já se prepara para a definição de possíveis nomes para conferencistas: O curitibano político, arquiteto e urbanista Jaime Lerner que atualmente é consultor das Nações Unidas; a economista sul africana Ann Pettifor diretora do Advocacy International; o secretário municipal de saúde Adriano Massuda; o epidemiologista equatoriano Jaime Breihl e ainda Geeta Rao Gupta, diretora executiva adjunta do UNICEF.

Parcerias
Membro da organização geral da 22ª Conferência, a professora Simone Tetu Moyses (Pontifícia Universidade Católica do Paraná e também técnica do Departamento de Promoção em Saúde da Secretaria Municipal da Saúde)  foi a responsável pelo encontro que reuniu a Abrasco com o grupo de Curitiba. Desde o início do processo, o secretário municipal de Saúde, Adriano Massuda, tem contribuído para a costura das parcerias locais, dentre elas está a Secretaria Municipal de Comunicação que participou da reunião representada pelos jornalistas João Pimentel e Danielle Blaskievicz, a Secom será parceira da Assessoria de Comunicação da Abrasco para a divulgação e cobertura jornalística do evento. O Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba também será ator importante na construção da identidade visual, marketing e ações de divulgação da 22ª Conferência, Daniele Moraes e José Merege representaram o Instituto.

 

Datas
O conteúdo do site oficial da 22ª Conferência foi um dos temas debatidos durante a reunião, a previsão é que ele entre no ar já neste mês de março. Algumas datas importantes também já estão sendo definidas: 15 de abril será a data provável para início das inscrições de trabalhos. Estes resumos poderão ser inscritos até a segunda quinzena de setembro. Em outubro a Comissão Científica deverá visitar Curitiba para participar do Marathon Meeting, uma reunião para finalizar a avaliação dos trabalhos inscritos, já que novembro é o mês escolhido para divulgação dos resultados.

Promoção da Saúde – resgate histórico
Na segunda metade do século XX a saúde passou a ser reconhecida como resultante da determinação social, a saber: pobreza, desemprego, habitação precária e outras desigualdades econômicas e sociais. Como estratégias principais, os especialistas em saúde pública recomendam o fortalecimento dos serviços comunitários, políticas públicas saudáveis e o favorecimento da participação popular.
Com esta motivação, foi planejada a Conferência Internacional sobre Promoção à Saúde, realizada em Ottawa, em 1976. Teve a participação de trinta e cinco países e resultou na Carta de Ottawa, a qual passou a ser referência ao desenvolvimento das ideias de promoção à saúde em todo o mundo. Confirma um conjunto de valores: vida, saúde, solidariedade, equidade, democracia, cidadania, desenvolvimento, participação e ação conjunta, entre outros, e como resultado de diversas estratégias, nas quais a melhoria da qualidade de vida e saúde se insere.

Linha do tempo das Conferências Mundiais de Saúde:

21ª “Best Investments in Health” Pattaya, Thailand 2013
20ª “Health, Equity and Sustainable Development” Geneva, Switzerland 2010
19ª “Health Promotion Comes of Age: Research, Policy and Practice for the 21st Century” Vancouver, Canada 2007
18ª “Valuing Diversity, Reshaping Power: Exploring Pathways for Health and Well-being” Melbourne, Australia 2004
17ª “Health: An Investment for a Just Society” Paris, France 2001
16ª “New Horizons in Health – from Vision to Practice” San Juan, Peurto Rico 1998
15ª “Bringing Health to Life” Mahuhari, Japan 1995
14ª “Health – United Effort” Helsinki, Finland 1991
13ª “Participation for All in Health” Houston, UA 1988
12ª “Health for All – Meeting the Challenge” Dublin, Ireland 1985
11ª “Towards Health for All by the Year 2000” Hobart, Tasmania 1982
10ª “Health Education in Action – Achievements and Priorities” London, United Kingdom 1979
9ª “Health Education, Health Policy and the Dynamics of Development” Ottawa, Canada 1976
8ª “Twenty Years of Health Education: Evaluation and Forecast” Paris, France 1973
7ª “Comunications and Behavioural Change: Factors of Active Participation of the Population for the Attainment of Better Health” Buenos Aires, Argentina 1969
6ª “The Health of the Community and the Dynamics of Development” Madrid, Spain 1965
5ª “Major Health Problems of Man and his Environment” Philadelphia, USA 1962
4ª “Health Education of Children and Youth in Family, School and Community” Dusseldorf, Germany 1959
3ª “Health Education at the Service of Health, Welfare and Social Progress” Rome, Italy 1956
2ª Paris, France 1953
1ª Paris, France 1951

 

Comments

comments

5 comentários sobre “Abrasco e Curitiba preparam a 22ª Conferência Mundial de Promoção da Saúde, da IUPES

    1. Olá Raquel, como diz o texto da matéria ‘Algumas datas importantes também já estão sendo definidas: 15 de abril será a data provável para início das inscrições de trabalhos. Estes resumos poderão ser inscritos até a segunda quinzena de setembro’ assim que site oficial da 22ª Conferência estiver no ar, divulgaremos na página da Abrasco.

Deixe uma resposta