Abrasco é candidata nas eleições do Conselho Nacional de Saúde para o triênio 2015-2018


Ciente de seu papel histórico como ator para os avanços do setor saúde e da democracia e por sua defesa intransigente da universalidade; da integralidade e da gratuidade do Sistema Único de Saúde (SUS), a Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco) é postulante a um dos assentos do Conselho Nacional de Saúde (CNS) para o triênio 2015 – 2018. A Associação protocolou a candidatura em 13 de outubro e teve sua participação habilitada como eleitora e candidata, em divulgação pública no último dia 19 e novamente confirmada após o período de recursos. A lista final foi divulgada na última quinta-feira, 29 de outubro. A eleição será na próxima quinta-feira, 05 de novembro, em Brasília.

Inscreveram-se 161 entidades dos movimentos sociais, entre centrais sindicais, associações científicas e de profissionais e de classe  para disputar 120 assentos, ocupados por conselheiros titulares, primeiro e segundos suplentes. O número de inscritos foi superior ao do processo eleitoral passado.

Ao final, a Comissão Eleitoral habilitou 77 entidades do segmento de usuários do SUS, 5 entidades de prestadores de serviços de saúde e 38 entidades nacionais de profissionais de saúde, totalizando 120 candidatos. Acesse a lista das entidades habilitadas.

A fim de manter equilíbrio dos interesses envolvidos, a distribuição das vagas é paritária e cada segmento elege seus representantes. São 24 conselheiros titulares e 48 suplentes para as entidades representativas dos usuários; 12 titulares e 24 suplentes para as dos profissionais de saúde, e 4 titulares e 8 oito suplentes para as entidades empresariais e prestadoras de serviço que, junto com os indicados da gestão (8 titulares e 16 suplentes), completam os assentos do Conselho.

Como se dará o processo: As eleições acontecerão no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), em Brasília. O processo começará às 8h30, com a abertura do credenciamento dos delegados inscritos e habilitados. A instalação da Comissão Eleitoral será às 10 horas, com a chamada para as plenárias por segmento. O resultado dos debates e indicação de fiscais deverá ser concluído às 13 horas. No retorno do almoço serão instaladas as mesas receptoras e apuradoras para o início da votação. O resultado será divulgado a partir das 18 horas.

Comments

comments

Deixe uma resposta