Abrasco participa das conferências de saúde de Pernambuco

Este slideshow necessita de JavaScript.

A defesa da democracia e dos direitos sociais têm estado no centro dos debates da 9ª Conferência Estadual de Saúde de Pernambuco, que começou em Olinda (PE), na terça-feira, 21, e se encerra nesta sexta, 24 de maio. O Centro de Convenções de Pernambuco reuniu cerca de 2 mil pessoas durante os quatro dias para discutir propostas que garantam a existência e melhorias para o Sistema Único de Saúde (SUS).

A Abrasco marcou presença com a participação da vice-presidente Bernadete Perez Coelho na primeira mesa temática, que debateu estratégias e desafios para o fortalecimento da Atenção Primária em Saúde no SUS diante do atual cenário político. “A Conferência estadual tem sido intensa, com ampla participação de usuários do SUS e trabalhadores da saúde. Desde o início do processo conferencial, a A Abrasco tem atuado junto com a organização, sugerindo, discutindo e influenciando na definição dos palestrantes das mesas e no rumo dos debate nas sessões, que têm aprofundado em temáticas essenciais e que também vêm sendo discutidas pelo coletivo da Abrasco, como redes de atenção, APS e financiamento” destaca a dirigente.

+ Entidades do movimento sanitário debatem a 16ª CNS
+ Abrasco presente na construção da 16ª Conferência Nacional de Saúde

Para Bernadete, professora da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), o conjunto das discussões realizadas na conferência repercutiu principalmente as questões da conjuntura nacional, com significativa avaliação sobre a piora nas condições de vida de saúde da população por conta das contrarreformas apresentadas pelo governo federal. “Mesmo com divergências, é forte e ampla a mobilização dos debates na conferência, e de forma bastante solidária na defesa do SUS,  das conquista das seguridade social e por uma sociedade democrática” reforça a abrasquiana.

Movimento sanitário pauta conferência livre: Com o objetivo de capilarizar ainda mais os debates e ampliar a participação social da saúde, uma série de atividades têm sido puxadas pelas entidades integrantes do movimento pela Reforma Sanitária brasileira. “Desde o ano passado, aqui no Recife, Abrasco e Cebes têm estreitado relações na perspectiva de fazer ações conjuntas, como a manifestação em defesa do SUS na Assembleia Legislativa (Alepe) e outras atividades, caso das conferências livres que virão”.

Realizada também em conjunto com a Rede Brasileira de Cooperação das Emergências e a Fiocruz-PE, a primeira conferência livre do estado acontece na próxima sexta-feira, 31 de maio, e terá como tema “O respeito aos direitos humanos nos serviços de atenção às urgências e no acesso hospitalar”. A atividade será realizada no Auditório da Fiocruz/PE, com abertura às 8h30. Está prevista também mais uma conferência livre, organizada no campus avançado da UFPE em Vitória de Santo Antão, interior do estado, para o dia 03 de junho. “Pela manhã, a ideia é realizar uma grande mobilização social, com forte participação da comunidade do entorno da universidade. À tarde haverá a plenária que, além de promover o debate, tentará produzir uma carta a ser remetida como contribuição à etapa nacional” detalha Bernadete.

Conferência Livre Estadual de Saúde de Pernambuco
Tema: “O respeito aos direitos humanos nos serviços de atenção às urgências e no acesso hospitalar”
Data: 31 de maio de 2019
Hora: 8h30 às 17h30
Local: Auditório Frederico Simões Barbosa, da Fundação Oswaldo Cruz (Friocruz-PE)
Av. Prof. Moraes Rego, S/N, Cidade Universitária, Recife-PE
Inscrições pelo formulário:  https://forms.gle/gPPETvp9PJxU312Y9
Organização: Rede Brasileira de Cooperação das Emergências; Fiocruz-PE; Cebes – Núcleo Recife; Abrasco

Comments

comments

Deixe uma resposta