11º Abrascão comemora 6499 resumos


No início desta semana o sistema de submissão de resumos de trabalhos para o 11º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva registrou a média de 400 acessos por hora. Às 19h55 da segunda-feira 23 de março – data final para encerramento do prazo, contabilizava então quase 6500 trabalhos inscritos. O feito indica o sucesso que a mobilização para o evento conquistou. Para o secretário executivo da Abrasco Carlos Silva o expressivo número de resumos inscritos para apreciação da Comissão Científica do primeiro Abrascão no Cerrado aponta a intensidade da produção científica no campo da Saúde Coletiva e exige, do corpo dos avaliadores, atuação cuidadosa que qualifique a seleção dos trabalhos que serão apresentados no Congresso. “Um dos relevantes desafios do Abrascão, como evento que congrega a Saúde Coletiva nacionalmente, é apontar na conjuntura atual, as atitudes e estratégias imprescindíveis à Reforma Sanitária Brasileira para formulação da Política de Saúde como garantia de direito de todos. Continuamos investindo com afinco nos processos organizativos para que o Congresso seja bem sucedido – para isto, a responsabilidade é grande e de todos” lembra Carlos.

Pujança

Como presidente da Abrasco, o professor Luis Eugenio de Souza comemora que a comunidade da Saúde Coletiva brasileira, seja da academia, seja dos serviços, respondeu muito positivamente ao chamado da Abrasco para a realização do 11º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva. “Os mais de quatro mil trabalhos científicos e mais de dois mil relatos de experiência atestam a pujança da área – tanto em termos de produção de conhecimento, quanto como atividades inovadoras na atenção à saúde. Tudo indica que o 11º Congresso será um rico espaço de intercâmbio de informações e conhecimentos e de vivência de experiências gratificantes” acredita Eugenio.

“Todo dia de organização de congresso é um dia ‘intenso’ para que o resultado final seja um sucesso. Mas tem dias específicos que são ‘tensos’, como a data final de recebimento de trabalhos ou de inscrição, sobretudo em congressos como os da Abrasco…” confessa Beatriz Lemgruber (Método Eventos e consultora da Abrasco Eventos) responsável pela condução do processo no sistema do site oficial do 11º Congresso.

Beatriz explica que neste dia as tarefas são divididas para que duas pessoas respondam simultaneamente aos dois principais emails do congresso – o faleconosco e o da inscrição. “Ontem respondemos emails de oito da manhã às oito a noite sem parar – e era como enxugar gelo! As perguntas são as mais diversas, muitos estão apresentando um trabalho científico pela primeira vez. Nas últimas horas do prazo, monitoramos intensamente o sistema para ter certeza que o mesmo está segurando a demanda: registramos uma média de acesso de 400 inscrições por hora” explica Beatriz.

Equipe

“Uma andorinha só não faz verão” comenta a gerente administrativa Hebe Patoléa, citando a famosa frase do filósofo grego Aristóteles. A escolha da andorinha não é casual. Na busca por calor, essas aves sempre voam juntas, em grupos de até 200 mil animais. “Assim estamos trabalhando pelo Abrascão de 2015, todos estrategicamente mobilizados como se fossemos um só, o sucesso depende da motivação, experiência, inovação e comprometimento de cada um” registra Hebe.

Na opinião de Inês Genoese, da secretaria e assessoria geral da Abrasco, é importante que o congresso receba o compromisso de todos “Não só aqui da sede, mas dentro de cada Grupo Temático, cada membro das nossas Comissões e Fóruns. Aqui no Rio nós cuidamos do operacional, pagamentos, documentação e logística mas no meu entender, a mobilização deve vir também de dentro de cada sala de aula de um professor abrasquiano, do círculo de cada pesquisador, profissional de saúde, estudante” conclama Inês.

Responsável pelo banco de dados de todos os associados da Abrasco, Janaína Hora agrega experiência no trabalho desenvolvido diariamente “depois de alguns anos mantendo contato direto com os associados, por email, telefone e pessoalmente durante nossos encontros científicos, aumentei o peso da responsabilidade em receber as demandas dos abrasquianos – cada pedido desencadeia uma ação que vai sendo tratada, muitas vezes, por quase toda a equipe”.

Em tempos de Abrascão o dia parece passar mais depressa e aquela sensação de ansiedade que não passa só aumenta. Faltam 4 meses e meio para o maior encontro de Saúde Coletiva do Brasil e os motores estão só esquentando.

Resultado em abril

Para o site da Associação, o secretário executivo adjunto da Abrasco Thiago Barreto, destacou a adesão dos participantes num prazo que não foi prorrogado “conseguimos um grande resultado e, cabe destacar, sem a necessidade de alongarmos o prazo. Passada essa fase de submissão, iniciaremos imediatamente a avaliação. Para enviar os resumos, os autores selecionaram um dos 55 temas que constam na lista elaborada pela Comissão Científica. Cada tema está sob a coordenação de um ou dois pesquisadores e nesta quarta (25) e quinta (26), eles distribuirão os resumos para os avaliadores”. Thiago explicou ainda que todos estes resumos serão avaliados por duas pessoas, ou seja, no total serão feitas 13 mil avaliações. “Esse trabalho será concluído na reunião da Comissão Científica, agendada para os dias 23 e 24 de abril, em Goiânia, e a partir do dia 27 de abril o resultado será enviado por e-mail e também estará disponível na área restrita de cada autor” informa Thiago.

Comments

comments

Um comentário sobre “11º Abrascão comemora 6499 resumos

Deixe uma resposta