Aberta chamada pública para revista Vigilância Sanitária em Debate


Já está aberta a chamada pública para o número temático “Vigilância Sanitária e a Promoção da Alimentação Adequada e Saudável: Impasses, Desafios e Perspectivas” da revista Vigilância Sanitária em Debate. O objetivo dessa edição é apresentar uma seleção de trabalhos científicos que contribuam com a reflexão e o debate sobre a interface entre a temática alimentar e a vigilância sanitária, na perspectiva da Política Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional da promoção da saúde e das demais políticas públicas.

 

A data final para submissão dos trabalhos é 30 de agosto de 2014. O Número temático será publicado em 28 de novembro de 2014, no endereço.

 

Os artigos a serem publicados devem ser referentes aos temas sugeridos:

1. Agricultura familiar e produção artesanal. Desafios para a regulação sanitária;

2. Controle de qualidade, aspectos nutricionais e de rotulagem de alimentos;

3. Avaliação de segurança, impacto e qualidade nutricional dos organismos geneticamente modificados;

4. Avaliação de risco de aditivos, contaminantes e resíduos associados à produção, circulação e consumo de alimentos;

5. Comida de rua. O comércio ambulante de alimentos e seus impactos sobre a saúde urbana;

6. Produção industrial e desenvolvimento tecnológico. Impactos na segurança alimentar;

7. Alimentos e patógenos emergentes;

8. Confiabilidade metrológica. Análise situacional, material de referência e ensaios de proficência;

9. Alimentos e nutrientes de interesse das políticas de alimentação e nutrição;

10. Avaliação de políticas e programas implementados, visando a redução dos riscos sanitários de alimentos;

11. Aspectos da formação de manipuladores de alimentos considerando seus conhecimentos, atitudes, práticas e percepções;

12. A saúde dos trabalhadores e a avaliação dos riscos na cadeia alimentar;

13. Conceito de Segurança Alimentar e Nutricional (SAN) e o debate sobre a legislação sanitária;

14. Perspectivas da Legislação Nacional na ciência dos alimentos;

15. Doenças crônicas não transmissíveis. Ações intersetoriais e conflitos de interesses;

16. Segurança Alimentar e Nutricional no âmbito das políticas públicas. Iniciativas em curso e possíveis caminhos de convergência.

Na coordenação desse número, a revista conta com a colaboração dos editores convidados:  Diogo Thimoteo da Cunha-UNIFESP, Maria Angélica Tavares de Medeiros-UNIFESP e Silvana do Couto Jacob-INCQS.

Comments

comments

Deixe uma resposta