Cuidar da saúde como um olhar mais amplo – dia da e do sanitarista

Cuidar da saúde com um olhar amplo, que percebe tanto a dimensão do indivíduo quanto das coletividades, que reflete sobre as condições de vida em todas as escalas e a partir de diferentes conteúdos. Esse é o trabalho e o papel da e do profissional sanitarista, que tem neste 2 de janeiro o seu dia.

A data tem como referência a assinatura do Decreto Legislativo nº 3.987, que criou e regulamentou, em 2 de janeiro de 1920, o Departamento Nacional de Saúde Pública (DNSP). É um marco da institucionalização no Brasil das ações de saúde como política governamental que ganhavam pela primeira vez um conjunto de diretrizes próprias e articuladas, tanto para o campo como para cidade, e iniciou a constituição de um corpo profissional que se voltava a tratar, como traz o histórico texto, da fiscalização do exercício das primeiras profissões da área; da produção de estatísticas; de obras de saneamento; da organização dos serviços de profilaxia contra doenças e de assistência à infância.

Passados quase 100 anos, a atuação do sanitarista no país cresceu em todas as dimensões: incorporou conhecimentos e outras atividades profissionais; ampliou seu arco de atuação; constituiu um grande campo de formação, inicialmente profissionalizante, depois pós-graduada e, mais recentemente também como formação graduada; passou a pensar tanto nas ações de política pública como na pesquisa e no ensino e, desde a Constituição brasileira de 1988, tem no Sistema Único de Saúde (SUS) sua grande estratégia de disseminação de ações, serviços e programas.

A Abrasco saúda todas as e todos os sanitaristas que contribuíram e contribuem para fazer de suas práticas profissionais verdadeiros instrumentos em prol da melhoria das condições de vida da população brasileira e pelo direito à saúde em nosso país.

Comments

comments

Deixe uma resposta