VI Simbravisa inova com as Discussões Temáticas


A ideia é reunir os autores dos 893  trabalhos aprovados numa mesma sala para discutir um tema comum, tendo como coordenador, um especialista na área temática da Vigilância Sanitária. Foram escolhidos 30 temas que serão debatidos nos 3 dias do evento.

 As salas das Discussões Temáticas são espaços para a troca de experiências entre os participantes do VI SIMBRAVISA. Oferecem uma possibilidade privilegiada para o diálogo entre pessoas que pensam e fazem Vigilância Sanitária no Brasil. O diálogo permite refletir sobre a prática, divulgar trabalhos, entrosar técnicos e pesquisadores e construir redes informais de referência e cooperação em Vigilância Sanitária.

“Tentamos organizar as salas por afinidade de tema ou foco dos trabalhos, de modo a ampliar as possibilidades de um debate produtivo e prazeroso. A indicação dos coordenadores seguiu o mesmo critério” explica Luiz Quitério, membro da coordenação do simpósio. Além de coordenar as Discussões, cada coordenador escolhido terá ainda a tarefa de propor a adoção de uma questão disparadora com foco no tema do Simpósio que pode servir também de referência para a análise prévia dos trabalhos, sem, contudo antecipar o debate. Os coordenadores podem agregar a estes tópicos tantos outros quantos julgarem pertinentes ao tema em análise.

As Discussões Temáticas acontecem ao longo dos 3 dias do VI Simbravisa, sempre com duração de duas horas, das 08h30 às 10h30, nas salas do 7º andar do prédio 40 da PUC RS.

Comments

comments

Deixe uma resposta