Seminário de cooperação entre Londres e Bahia aposta na troca de experiências


Acontece nos próximos dias 25 e 26 de março, o Seminário de cooperação entre o Instituto de Saúde Coletiva da UFBA, o Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz (CPqGM/Fiocruz) e a London School of Hygiene and Tropical Medicine  em Salvador. O objetivo é identificar áreas de interesse para estabelecer e/ou fortalecer cooperação científica e intercâmbio de pesquisadores e alunos do campo da saúde entre as instituições envolvidas.

Dentre a programação, a Mesa Redonda ‘Apresentação das Instituições e Síntese das Áreas de Interesse e Oportunidades para colaborações’ terá a participação de Manoel Barral – FIOCRUZ/Bahia; Maurício L Barreto – ISC/UFBA; Laura Rodrigues – LSHTM; Isabel da Silva – Epidemiology and Population Health ; John Kelly – Infectious and Tropical Diseases e ainda, James Hargreaves – Public Health and Policy (por videoconferência).

Ao longo do seminário, haverá Matchmaking – Reuniões com pessoas interessadas em discutir/explorar possibilidade de cooperação. A London School of Hygiene and Tropical Medicine é uma das mais reputadas escolas na área de saúde do Reino Unido. Foi fundada em 1899 e hoje integra a Universidade de Londres.  É composta por médicos, epidemiologistas, estatísticos, cientistas sociais, biólogos moleculares e imunologistas, característica que garante sua expertise multidisciplinar no ensino e pesquisa em saúde. Desenvolve parcerias em ensino e pesquisa em mais de 180 países. 

A Comitiva da LSHTM

Isabel da Silva é médica e está vinculada a LHSTM desde 1989, onde desenvolve atividades de ensino e pesquisa na área de Epidemiologia de Câncer. Áreas de pesquisa: Controle de Doenças e Genética Humana. Desenvolveu material didático para ensino à distância em epidemiologia.

John Kelly é Chefe do Departamento de Biologia Molecular. Suas pesquisas estão focadas na área de biologia molecular de protozoários. Areas de interesse: Mecanismos de defesa oxidativa em tripanosomas; Mecanismos de ação de drogas e resistência; Patogênese das infecções por tripanosomas; Estrutura e organização do cromossoma.

Taane Clark é bioestatístico com expertise em epidemiologia genética e genômica de patógenos. É vinculado a LHSTM desde 2010 depois de ter desenvolvido pesquisas na área de Epidemiologia genômica da malária na Wellcome Trust Sanger Institute (WTSI) and Wellcome Trust Centre for Human Genetics (Oxford).

Comments

comments

Deixe uma resposta