C&SC terá edição temática sobre a crise no contexto da saúde

Manifestação de servidores da saúde da cidade do Rio de Janeiro – Foto: Bárbara Dias

No contexto contemporâneo, as crises política, social e econômica se alastraram entre os países desenvolvidos e repercutiram mais tardiamente naqueles de economias emergentes, trazendo à tona conflitos anteriores e novos. Passou-se a observar, então, uma crise na própria constituição da democracia, bem como diversos riscos para a garantia e/ou instauração de direitos sociais e humanos, redutores das desigualdades. Por conseguinte, emergem sentimentos de antagonismo entre as classes sociais em sua relação com o usufruto de privilégios e a aquisição de nova cidadania.

Tendo como título “A Crise e a Saúde: Implicações para a Política, a Gestão e o Cuidado em Saúde”, a edição temática da revista Ciência & Saúde Coletiva terá como objetivo estimular a reflexão sobre a crise em suas diversas dimensões e sua relação com a saúde, a partir de uma perspectiva abrangente, que aborde condicionantes, diferentes expressões e desfechos, bem como as possibilidades de enfrentamento.

Repercussões sociais e epidemiológicas associadas à crise; efeitos da crise sobre o financiamento e o gasto em saúde; repercussões da crise na formulação e implementação de políticas sociais e de saúde; implicações da crise nos modelos de atenção, nos serviços de saúde e no cuidado; implicações da crise na regulação e gestão dos sistemas e serviços de saúde; participação e o controle social na saúde em contextos de crise; desenvolvimento, ciência, tecnologia e inovação em saúde em contexto de crise são os eixos a serem priorizados pelo corpo de editores convidados.

Serão aceitos diferentes modalidades de texto, como artigos temáticos, artigos de revisão, opinião e resenha, que poderão ser submetidos em português, espanhol, inglês ou francês. Todos os documentos devem seguir as normas da Revista Ciência & Saúde Coletiva, exceto quanto ao número de caracteres de artigos temáticos – para esta publicação, essa modalidade de texto poderá ter até 35 mil caracteres com espaço.

Interessadas e interessados devem enviar para o e-mail revcrisesaude@gmail.com​ dois arquivos distintos com os seguintes conteúdos: um (1) arquivo completo contendo título do artigo, resumo, texto principal do artigo e indicação do eixo ao qual está sendo submetido, com os nomes dos autores e a inserção institucional de cada autor, e um (1) arquivo sem identificação dos autores, mas contendo toda a estrutura do mesmo (título em português e inglês; resumo e palavras-chave; abstract e keywords e o corpo do texto completo que vai da introdução até as referências). Em ambos, as tabelas, figuras e imagens devem estar inseridas no corpo do documento.

Todos os artigos submetidos passarão por análise preliminar dos editores da revista quanto à sua pertinência ao número temático e também pelo processo de revisão cega por pares (“double-blind peer review”), conforme as regras da revista. Os editores convidados da edição são Lilian Miranda, Maria Helena M. de Mendonça, Sheyla Lemos Lima, Claudia Brito, todas pesquisadoras do Departamento de Administração e Planejamento em Saúde da ENSP/Fiocruz, e Antônio Ivo de Carvalho, coordenador do Centro de Estudos Estratégicos da Fiocruz. O prazo para envio é até 30 de janeiro de 2019. Confira mais informações na página de Ciência & Saúde Coletiva. 

Comments

comments

Deixe uma resposta