Abrasquianos debatem na imprensa os desafios do Brasil diante do coronavírus

Este slideshow necessita de JavaScript.

Diante do que é possivelmente uma das maiores emergências em Saúde Pública da história do país, sanitaristas de diversas instituições de ensino e pesquisa associados à Abrasco têm sido convidados a analisar a disseminação do coronavírus no país e no mundo e ressaltar os desafios impostos ao SUS na resposta brasileira à Covid-19 em matérias nos principais veículos de comunicação.

Gulnar Azevedo e Silva participou do telejornal da manhã “Edição das 10”, da GloboNews, no último dia 18 de março, e  falou sobre o desafio de conter a proliferação da doença entre as pessoas de maior vulnerabilidade, como a população de rua e os trabalhadores informais.

“Pela primeira vez o mundo inteiro está acompanhando em tempo real o desenvolvimento de uma epidemia. Precisamos salvar vidas e para fazer isso, o custo é alto. Esse momento é crucial para garantir a não transmissão e cuidar os que podem evoluir mal. Isso é feito com solidariedade entre a população e apoio do Estado também” disse a presidente da Abrasco e professora do IMS/UERJ à jornalista Raquel Novaes.

Também docente do IMS/Uerj, do Instituto de Estudos em Saúde Coletiva (IESC/UFRJ) e vice-presidente da Abrasco, Guilherme Werneck participou recentemente do vespertino “Edição das 18”, do mesmo canal, em duas ocasiões, quando pôde analisar os encontros e desencontros entre as políticas de saúde e os interesses dos governantes. “Precisamos de exemplos que vão servir para que as pessoas se mobilizem e entendam a gravidade do momento”, respondeu Werneck à jornalista Leilane Neubarth.

Mário Dal Poz (IMS/Uerj e GT Trabalho, Educação e Saúde); Aluísio Júnior (ISC/UFF e integrante da Rede APS); Roberto Medronho (FM/UFRJ); e Deisy Ventura (FSP/USP) foram outros abrasquianos que também contribuíram com suas reflexões junto ao canal por assinatura.

Portais e sites jornalísticos contam com as participações de Gastão Wagner, que falou ao jornal Brasil de Fato sobre necessidade de investimento no SUS para o devido enfrentamento à pandemia ; José Cássio de Moraes, entrevistado pelo jornal Gazeta do Povo sobre semelhanças e diferenças entre Brasil e Itália; Lígia Bahia, em uma contundente entrevista ao projeto jornalístico Tutaméia.

Comments

comments

Deixe uma resposta