Coronavírus e povos indígenas: resistir com solidariedade e ciência

Uma onipresença, de Wuhan, na China, a São Gabriel da Cachoeira, na Amazônia; da terra indígena de Araribóia, no Maranhão, a Manguinhos, no Rio de Janeiro. Seu nome oficial SARS2-CoV2, o popular: novo coronavírus. Esse patógeno que alterou significativamente o curso da humanidade e tem afastado as pessoas exige, como resposta, a articulação e a aliança por outros meios e caminhos. Um deles pode ser o jornalismo, pode ser essa matéria, que ouviu, dá espaço e se propõe a propagar ideias de diversas pessoas, de diferentes regiões, formações, histórias e raízes – todas necessárias para se pensar o enfrentamento à Covid-19 nas aldeias e comunidades indígenas.

A produção desse conjunto de matérias contou diversas mãos e mentes preocupadas e voltadas à defesa dos direitos humanos dos povos indígenas, com o objetivo de articular ciência com autonomia; conhecimentos técnicos e teóricos com saber popular; vivências e realidades.

+ Acesse o Especial Abrasco Coronavírus – Matérias, entrevistas e artigos de opinião

Numa epidemia, o cenário muda a todo o momento. A Secretaria Especial de Saúde Indígena do Ministério da Saúde (Sesai/MS) tem publicado diariamente boletins epidemiológicos em todos os dias úteis desde 29 de março. “Percebemos um crescimento nos casos suspeitos, poucos descartes e nenhuma confirmação até o momento” relata Ana Lúcia Pontes, pesquisadora da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) e coordenadora do Grupo Temático Saúde Indígena (GTSI/Abrasco), no dia desta publicação – 31 de março. Os critérios, até então restritos, foram modificados, o que poderá indicar um aumento do número de casos em poucos dias. Há relatos de trabalhadores da saúde indígena afastados, porém, esses dados não compõem os boletins da saúde indígena.

“Chega a ser um paradoxo, ao passo que estamos entre os grupos mais vulneráveis e, ao mesmo tempo, estamos entre os mais resistentes” argumenta Sonia Guajajara, em entrevista à Comunicação da Abrasco.  “O que tem de ser ágil é conseguir detectar o início, o primeiro caso introduzido. Estando a equipe de saúde na aldeia, não havendo casos, tem de monitorar a população para detectar a ocorrência de casos precocemente” destaca Andrey Cardoso, também da ENSP/Fiocruz e GTSI/Abrasco, em entrevista ao Instituto Sócio-Ambiental (ISA) sobre as ações do Subsistema de Saúde Indígena,do Sistema Único de Saúde (Sasi-SUS). Com resistência, solidariedade e ciência, a Abrasco seguirá acompanhando com total atenção a saúde dos povos indígenas, e atualizará, nesse repositório, matérias e documentos voltados à temática.

– Para as comunidades indígenas do Brasil, a pandemia revive lembranças de pragas anteriores – Revista Science traz matéria com o fundador do GT de Saúde Indígena da Abrasco, Carlos Coimbra, sobre a pandemia nas comunidades indígenas. Publicada em 15 de abril de 2020

– Condições das aldeias geram preocupação com saúde dos indígenas – Matéria com a participação de Ana Lúcia Pontes, do GT Saúde Indígena, aponta vulnerabilidade dos povos indígenas diante da pandemia da Covid-19. Publicada no Observatório do Terceiro Setor em 15 de abril de 2020.

– O coronavírus pisa nos calcanhares dos povos originários – Matéria do El País traz os primeiros casos de Covid-19 em povos indígenas na América Latina. Publicada em 14 de abril de 2020.

– Mapa do ISA mostra avanço da pandemia em Terras Indígenas – Site monitora casos da doença em municípios próximos de TIs e entre povos indígenas. Publicado em 03 de abril de 2020.

– Instituições cobram plano para evitar surto de coronavírus entre os 800 mil indígenas do País – Manifesto assinado 115 instituições da Amazônia e demais regiões do Brasil cobram ações emergenciais do governo. Publicada em 02 de abril de 2020.

– Deputados apresentam plano para proteger povos indígenas do covid-19 – A matéria do site Congresso em Foco destaca a utlização da Nota Conjunta Abrasco-ABA como instrumento técnico em questionamento parlamentar. Publicada em 1º de abril de 2020.

– Isolados pela Covid-19, indígenas temem passar fome no MS – A coordenadora do GT Saúde Indígena da Abrasco é uma das especialistas a falar sobre o problema de falta de alimentos em algumas aldeias. Publicada em 31 de março de 2020.

– “É inteligente e bom para toda humanidade que nossa vida seja preservada. Não há razão para pagarmos mais essa conta” – Entrevista de Sonia Guajajara, coordenadora da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB), à Comunicação da Abrasco, e publicada em 31 de março.

– Aldeias pedem ajuda contra coronavírus: ‘a sensação é de que somos invisíveis’ – Matéria com a participação de Ana Lúcia Pontes (ENSP/Fiocruz  e GTSI/Abrasco) e Douglas Rodrigues (Unifesp), à revista Época e publicada em 31 de março.

– Nota Pública#15 – Covid-19 e povos indígenas: a responsabilidade do Estado – de autoria daComissão de Defesa dos Direitos Humanos Dom Paulo Evaristo Arns – Comissão Arns, publicada no portal UOL em 31 de março.

Nota Técnica do Núcleo de Extensão e Pesquisa com Populações e Comunidades Rurais, Negras Quilombolas e Indígenas do Programa de Pós-Graduação  em Saúde e Ambiente da Universidade Federal do Maranhão (PPGSA/UFMA), divulgado em 28 de março.

– ‘Se o coronavírus entrar nas aldeias, é possível que o aumento de casos seja explosivo’, alerta especialista – Entrevista com Andrey Cardoso (ENSP/Fiocruz  e GTSI/Abrasco) ao site do Instituto Sócio-Ambiental (ISA), publicada em 26 de março.

Série Policast EPSJV Saúde Indígena – Produção da Escola Politécnica em Saúde Joaquim Venancio (EPSJV/Fiocruz), com diversos programas de aúdio, com entrevistas e orientações sobre agentes comunitários indígenas, atendimento nos DSEI, entre outros temas, atualizada periodicamente.

Boletim Epidemiológico da SESAI/MS – página de divulgação do monitoramento de casos de Covid-19 nos 34 DSEI espalhados no país, atualizado periodicamente em dias úteis.

– Governo não apresentou plano para proteger indígenas do coronavírus – matéria do site Congresso em Foco, que cita a Nota Abrasco/ABA, publicada em 24 de março.

 A Covid-19 e os povos indigenas: desafios e medidas para controle do seu avanço – Nota Conjunta Abrasco/ABA, publicada em 21 de março.

– Funai estabelece medidas de prevenção ao coronavírus – matéria publicada pelo jornal O Globo, em 18 de março.

– Documentação e Orientações para Saúde Indígena – pasta eletrônica na nuvem (Google Drive), organizada pela SESAI/MS com documentos de trabalho e manejo, atualizada periodicamente, divulgada pelo site da UnaSUS, em 18 de março.

Comments

comments

Deixe uma resposta