Conferência Magna de Tânia Bacelar no Recife


2 de setembro de 2013 – Por Flaviano Quaresma

 

 

Com o objetivo de traçar uma relação entre determinantes da Saúde e desenvolvimento, Tânia Bacelar de Araújo (UFPE) proferiu Conferência Magna de abertura da 1ª Conferência Regional sobre Determinantes Sociais da Saúde do Nordeste, com o tema "Nordeste: Desenvolvimento recente, desafios para o futuro".


Tânia destacou que o padrão de crescimento brasileiro beneficiou a região Nordeste, que, em determinados casos, chegou a superar a média de avanço do país. “A elevação da renda estimulou o consumo e associamos isso ao crédito. Como deu certo combinar a elevação de renda com juros tão altos? Isso dinamizou a economia. Quando o consumo teve estímulo, o Brasil cresceu”, apontou ela. “O Nordeste acompanhou o Brasil no dinamismo do consumo e seu crescimento na região tem ficado acima da média do país”, destacou.


“Estamos em uma fase pós-crise 2008, que cria dificuldades para manter o ritmo dos avanços. Um dos problemas é a inflação e há desvalorização da moeda e alta do preço dos alimentos. Há uma tensão mundial neste setor”, citou. Tânia acredita que além de manter e estabilizar o crescimento e os investimentos é necessário dinamizar a economia das cidades médias, investir em transporte público e saneamento básico, bem como no potencial turístico da região.

Comments

comments