Aids 2022: Curta-metragem “Uma Carta Insone” é exibido na 24ª Conferência Internacional de Aids

Valéria Barcellos em cena de “Uma Carta Insone”.

O curta-metragem “Uma Carta Insone”, estrelado por Valeria Barcellos e baseado em um conto de Júlia Dantas, foi exibido neste sábado (30), na 24ª Conferência Internacional de Aids (Aids 2022), que acontece em Montreal, no Canadá. No filme, uma mulher trans escreve uma carta para Lorena, uma enfermeira que a atendeu quando ainda era uma criança. Os caminhos de ambas se cruzam anos depois e a escritora da carta, agora adulta e vivendo com HIV, faz uma reflexão profunda sobre estigma e a discriminação. O curta integrou a programação cultural da Aids 2022 no Global Village.

O conto original que inspirou o curta está presente no livro “Zero discriminação: contos sobre histórias de vidas e as epidemias de HIV”, organizado por Daniel Canavese e Maurício Polidoro em uma parceria entre o Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS), o Unaids, a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e a Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco).

“Apresentamos na Aids 2022 um material em português que fala sobre nós, o Brasil. O filme reflete muitas das nossas particularidades enquanto cultura e manifestações na linguagem do estigma e da discriminação. A abordagem interseccional dos marcadores no corpo da personagem fala sobre o quanto precisamos ver e rever a nossa interação como momento que permita superar o estigma e a discriminação sobre as questões de HIV e aids”, explicou Daniel Canavese, professor da Saúde Coletiva da UFRGS e do GT Saúde LGBTI+ da Abrasco.

O documentário foi lançado em janeiro de 2022, em Brasília e já passou pela 7ª edição do Festival Internacional de Cinema LGBTQIA+.

Assista a seguir o filme “Uma Carta Insone” na íntegra:

Você pode ler o livro “Zero discriminação: contos sobre histórias de vidas e as epidemias de HIV” clicando aqui.

Autoria: Redação da Agência de Notícias da Aids.

Publicação original disponível neste link.

Comments

comments

Deixe um comentário