Abrasco participa de Grupo de Trabalho do Senado para o combate aos agrotóxicos


Com o objetivo de ampliar a articulação da sociedade civil e de órgãos do governo com o legislativo, a Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado Federal reuniu representantes do Ministério da Saúde, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea) e do Fórum Nacional de Combate aos impactos dos Agrotóxicos para a criação de um grupo de trabalho para combater o avanço dos agrotóxicos e na saúde, na mesa e no campo brasileiros. A representação do Consea foi feita pela professora da Universidade de Brasília, Anelise Rizzolo, membro do GT Alimentação e Nutrição em Saúde Coletiva da Abrasco.

O encontro foi uma demanda da senadora Ana Rita (PT-ES), presidente da Comissão, que vem acompanhando o andamento das ações relacionadas ao acidente da cidade goiana de Rio Verde em maio desse ano, quando cerca de 40 alunos e professores intoxicados pela pulverização aérea de um herbicida que além de causar os problemas de saúde trouxe alto índice de contaminação ao ambiente.

Os presentes ressaltaram a importância de se entender a alimentação segura como um direito social e humano. O papel do grupo de trabalho será o de acompanhar mais de perto o caso de Rio Verde e tantos outros nos quais a larga utilização dos agrotóxicos vem prejudicando a sociedade. Para Anelise, a reunião é mais um passo para o fortalecimento dessa compreensão. “A importância do grupo de trabalho está na perspectiva de ampliar o horizonte das discussões, criando novos espaços de reflexão e de resolução de conflitos de interesses na agenda de enfrentamento dos agrotóxicos em prol da garantia do direito humano a alimentação adequada, saúde e preservação do meio ambiente sustentável”.

Comments

comments