Presidente da Fiocruz anuncia data para registro da vacina de Oxford

Nísia trindade, presidente da Fiocruz. (Foto: Peter Ilicciev/Fiocruz)

A presidente da Fiocruz, Nísia Trindade, anunciou nesta quarta-feira, 30 de dezembro, que a entrega final dos documentos para a o registro da vacina AstraZeneca/Oxford/Fiocruz no país deve ser realizado no dia 15 de janeiro. O anúncio de Nísia veio no mesmo dia em que a vacina foi aprovada pelos órgãos reguladores do Reino Unido. A Fiocruz teve um papel importante para que o Ministério da Saúde escolhesse esta vacina quando foi iniciada a fase 3 da pesquisa e esta era a mais avançada entre as pesquisas em andamento. Além disso, a perspectiva de transferência de tecnologia para a produção da vacina por Biomanguinhos também foi preponderante.

A presidente da Fiocruz ressaltou em pronunciamento que a vacina traz esperança e é adequada para o SUS: “Esta vacina é, não só eficaz, não só de alta qualidade, mas também uma vacina adequada para países de população do tamanho da do nosso país, com suas diferenças regionais e sociais. É uma vacina adequada para o nosso Sistema Único de Saúde”.

A previsão é que o primeiro lote com 1 milhão de doses seja entregue entre 8 e 12 de fevereiro de 2021. Uma das vantagens da vacina produzida na Fiocruz é o fato de ela ser mais barata e mais fácil de armazenar, o que também facilita a sua distribuição. Segundo estudo publicado na revista Lancet, a eficácia dela variou entre 62% e 90% a depender da dosagem aplicada.

Nísia Trindade destacou o momento como histórico e que reforça a importância da saúde pública: “É um dia histórico, pois é mais um elemento de esperança diante de uma situação de grande sofrimento. Uma esperança que vem da ciência e vem de uma visão de saúde pública”.

Comments

comments

Deixe uma resposta