Nota de apoio a Rita Barradas

Foto: Marcus Vilela e Mateus Aranowski/Agência Kah

A Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco) vem manifestar desacordo com a exoneração da professora Rita Barata Barradas da Divisão de Avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (DAV/Capes), sem nenhuma justificativa razoável, face ao bom trabalho que a mesma vinha desenvolvendo à frente da divisão.

Preocupa-nos, em especial, o fato de que a professora Rita Barradas vinha desempenhando importante papel no processo de revisão e aperfeiçoamento dos processos de avaliação da pós-graduação no sentido de torná-la coerente com a diversidade das várias áreas do conhecimento e menos calçado numa perspectiva positivista restrita, atendendo a demandas históricas do ensino pós-graduado stricto sensu.

A exoneração nessas circunstâncias é mais uma violência institucional na atual conjuntura de retrocessos e ameaças que pairam sobre a democracia e sobre as políticas de Educação, Ciência e Tecnologia. Manifestamo-nos, portanto, contra a exoneração da professora Rita e contra a ameaça de descontinuidade das iniciativas que ela vinha implementando.

Rio de Janeiro, 12 de abril de 2018

Associação Brasileira de Saúde Coletiva – Abrasco

Comments

comments