Nota à Direção da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo

Foi com muita surpresa e preocupação que recebemos a notícia de que nas últimas quatro semanas três colegas docentes que atuam no Programa de Saúde Coletiva desta Faculdade foram demitidos. Os professores Karina Braga Ribeiro, Tania Di Giacomo Lago e Manoel Ribeiro, que por mais de 20 anos têm atuado nos programas de graduação e pós-graduação, são reconhecidos pesquisadores no campo da saúde coletiva e desempenham um papel fundamental em todas as atividades científicas de nossa entidade.

Clique aqui e acesse o documento na íntegra

O Departamento de Saúde Coletiva da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo vem mostrando em toda a sua história a sua competência na formação de profissionais médicos no Estado de São Paulo e no Brasil, aliando o ensino às necessidades do Sistema Único de Saúde (SUS) no país. É um dos importantes centros de pesquisa nas áreas de Epidemiologia, Políticas Públicas, Ciências Sociais na Saúde, Saúde Integral da Mulher, entre outras, com reconhecida produção acadêmica na construção do campo da Saúde Coletiva no Brasil.

Neste sentido, entendemos que os prejuízos de tais demissões terão grande impacto tanto internamente como nacionalmente, não só no campo da saúde coletiva, mas em toda área da saúde. Nos solidarizamos com o departamento de Saúde Coletiva da Santa Casa de São Paulo, esperamos que este quadro seja revertido e que possamos ter novamente os colegas dando continuidade ao trabalho de excelência que vinham desenvolvendo.

Rio de Janeiro, 24 de junho de 2021
Associação Brasileira de Saúde Coletiva (ABRASCO)

Comments

comments

Deixe uma resposta