Declaração conjunta sobre o Dia Mundial da Segurança do Paciente

As sociedades técnico-científicas, redes de profissionais de saúde, conselhos profissionais, conselhos de secretarias de saúde e demais instituições direta ou indiretamente relacionadas à Segurança do Paciente, abaixo-assinadas, conclamam a todos, brasileiras e brasileiros, nos 26 estados e no Distrito Federal a aderirem e participarem do Dia Mundial pela Segurança do Paciente, iniciativa da Organização Mundial de Saúde (OMS).

No dia 17 de setembro de 2020 será celebrado o Dia Mundial da Segurança do Paciente. Neste ano, em que o mundo está enfrentando a emergência sanitária da pandemia da SARS-CoV-2, a OMS, através de seus estados-membros, lançará uma campanha mundial com o tema “Segurança do trabalhador da saúde: uma prioridade para a segurança do paciente”.

A pandemia da SARS-CoV-2 incidiu intensamente, também, sobre os trabalhadores da saúde, tanto na atenção hospitalar como primária. Seu ônus se expressa em números inaceitáveis de mortes, muitas das quais poderiam e podem ser evitadas com medidas como disponibilização de equipamentos de proteção individual (EPIs), treinamentos, ambientes de cuidado e processos de trabalho adequados ao tratamento de pacientes com doenças infectocontagiosas e, não menos essenciais, solidariedade, companheirismo, proteção contra o esgotamento físico e mental, manejo da ansiedade e depressão e fortalecimento da resiliência.

Esta situação dramática dos trabalhadores da saúde, que atuam na linha de frente do cuidado aos pacientes com a COVID-19, levou a OMS a definir “a segurança do trabalhador da saúde” como tema da campanha do Dia Mundial da Segurança do Paciente 2020, porque a “segurança do trabalhador da saúde está diretamente associada à segurança do paciente”1.  

A segurança dos trabalhadores da saúde como tema do Dia Mundial da Segurança do Paciente 2020 ganha um significado que extrapola o cenário atual da pandemia, pois direciona a atenção para os desafios que esses trabalhadores enfrentam no dia a dia, como sobrecarga de trabalho, violência, discriminação, estresse mental e doenças ocupacionais.

O suporte de gestores, lideranças e governos às medidas para promover a segurança dos trabalhadores da saúde é indispensável para assegurar o cuidado seguro em todos os níveis e serviços de atenção à saúde.

O tema do Dia Mundial da Segurança do Paciente 2020 leva a OMS a apontar direcionamentos para as ações de seus Estados membros, igualmente aplicáveis a gestores e líderes da área da saúde[2]:

  • conciliar programas de segurança do trabalhador da saúde com os programas de segurança do paciente;
  • implementar Programa Nacional de Saúde Ocupacional para os trabalhadores da saúde;
  • proteger os trabalhadores da saúde da violência e da discriminação;
  • melhorar o seu bem-estar mental e segurança psicológica;
  • proteger os trabalhadores da saúde de riscos físicos e biológicos iminentes nos ambientes de trabalho.

Fale pela Segurança do Trabalhador da Saúde! Engaje-se nessa luta! Vamos reduzir o adoecimento e as mortes de trabalhadores da saúde associados ao exercício profissional.

A SEGURANÇA DO TRABALHADOR DA SAÚDE É UM DIREITO.
TRABALHADORES DA SAÚDE SEGUROS, PACIENTES SEGUROS!

Assinam esta declaração:

Associação Brasileira de Enfermagem – ABEn Nacional
Associação Brasileira de Enfermagem em Terapia Intensiva Adulto, Pediátrico e Neonatal – ABENTI
Associação Brasileira de Enfermeiros de Centro Cirúrgico, Recuperação Anestésica e Centro de Material e Esterilização – SOBECC
Associação Brasileira de Engenharia Clínica – ABEClin
Associação Brasileira de Ergonomia – ABERGO
Associação Brasileira de Medicina de Emergência – ABRAMEDE
Associação Brasileira de Medicina Diagnóstica – ABRAMED
Associação Brasileira de Pais, Familiares, Amigos e Cuidadores de Bebês
Prematuros – ONG Prematuridade.com
Associação Brasileira de Saúde Coletiva – ABRASCO
Associação Brasileira dos Profissionais em Controle de Infecção Hospitalar – ABIH
Associação Brasileira para o Desenvolvimento do Edifício Hospitalar – ABDEH
Associação de Medicina Intensiva Brasileira – AMIB
Associação Mundial em Turismo de Saúde e Bem – AMTSBE
Associação Nacional de Hospitais Privados – ANAHP
Confederação Nacional de Saúde – CNSAUDE
Conselho Federal de Enfermagem – COFEn
Conselho Federal de Farmácia – CFF
Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Saúde – CONASS
Fundação para Segurança do Paciente – FSP
Instituto Brasileiro para a Segurança do Paciente – IBSP
Instituto para Práticas Seguras no Uso de Medicamentos – ISMP Brasil
Observatório Direitos dos Pacientes – ODP
Organização Nacional de Acreditação – ONA
Rede Brasileira de Enfermagem e Segurança do Paciente – REBRAENSP Nacional
Serviço de Gestão da Qualidade da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares – EBSERH
Sociedade Brasileira de Anestesiologia – SBA
Sociedade Brasileira de Farmacêuticos em Oncologia – SOBRAFO
Sociedade Brasileira de Enfermagem em Feridas e Estética – SOBENFeE
Sociedade Brasileira de Farmácia Clínica – SBFC
Sociedade Brasileira de Farmácia Hospitalar e de Serviços de Saúde – SBRAFH
Sociedade Brasileira de Infectologia – SBI
Sociedade Brasileira de Pediatria – SBP
Sociedade Brasileira de Queimaduras – SBQ
Sociedade Brasileira para a Qualidade do Cuidado e Segurança do Paciente – SOBRASP
Sociedade Latino-Americana de Hotelaria Hospitalar – SLAHH

Referências:

1: World Health Organization. Health Worker Safety: A Priority for Patient Safety. 2020. Disponível em:
https://www.who.int/campaigns/world-patient-safety-day/2020/campaign-essentials

Comments

comments

Deixe uma resposta