Pesquisadores abrasquianos entre os mais citados do mundo

Periodicamente, levantamentos realizados por diferentes publicações destacam a qualidade da ciência brasileira e seus cientistas, sempre com a presença de nomes da Saúde Coletiva. Mesmo com limites e questionamentos aos métodos de métricas e rankings, esses pesquisadores, alguns associados à Abrasco, produzem conhecimento mundialmente validados, e com impacto direto na vida e na saúde da população.

Divulgado em 16 novembro, o ranking dos pesquisadores altamente citados 2021 da Web of Science selecionou 6.602 cientistas de mais de 70 países e regiões, incluindo 21 brasileiros. Os abrasquianos Carlos Monteiro, Renata Bertazzi Levy, Maria Laura da Costa Louzada, da USP, e Cesar Victora, da UFPel, fazem parte da classificação, e estarão na programação do 11º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva. Confira:

Cesar Victora e Carlos Monteiro, respectivamente

Cesar Victora fará a conferência O que epidemiologia brasileira nos ensinou em quatro décadas, desta quarta-feira, 24, às 18:10.

Carlos Monteiro fará a conferência “Determinantes comerciais das modernas epidemias: o caso dos alimentos ultraprocessados”, na quinta-feira, 25, às 18:10.

Renata Levy participará da mesa-redonda Desafios metodológicos e contribuições de grandes coortes brasileiras, falando sobre o estudo NutriNet, no dia 24, às 15:20.

Maria Laura da Costa Louzada estará na mesa-redonda “Classificação de alimentos NOVA: da evidência à ação“, na quinta-feira, 25/11, falando sobre as evidências do consumo de alimentos ultraprocessados na morbi-mortalidade de populações, às 15:20.

Confira a programação completa do EPI 2021.

Veja a lista completa dos brasileiros no ranking da Clarivate.

Comments

comments

Deixe um comentário