Pesquisa investiga utilização de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde na pandemia

Com o objetivo de investigar a utilização das Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS) por pessoas diagnosticadas com Covid-19 ou em isolamento/distanciamento social durante a pandemia, o Laboratório de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde da Universidade Federal de Santa Maria (Lapics/UFSM) desenvolveu estudo multinacional.

As PICS são “recursos terapêuticos, preventivos e de promoção da saúde que objetivam estimular os mecanismos naturais do organismo, surgindo como uma alternativa de oferta de cuidado, levando-se em consideração os impactos que a Covid-19 gera na saúde física e mental da população.

A coordenação da pesquisa é do professor Marcio Rossato Badke, docente do Departamento de Enfermagem da UFSM, coordenador do Lapics e membro do Grupo Temático Racionalidades Médicas e Práticas Integrativas Complementares da Abrasco. O estudo é parceria com a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

A pesquisa está vinculada ao projeto “Estudos sobre as práticas integrativas e complementares no cuidado à saúde das pessoas”, e foi aprovada no Comitê de Ética em Pesquisa da UFSM, é rápida e pode ser respondida neste formulário.

Comments

comments

Deixe uma resposta