Mais Médicos: Após saída de cubanos, 42% das cidades têm vagas abertas

“O Mais Médicos tem uma bomba relógio para explodir” diz Ligia Bahia